Rádios On-line
DICAS

É preciso ter cuidado com a saúde no outono

O verão está terminando e a próxima estação exige cuidados

18 MAR 2017 - 11h:51Por Redação

Com a chegada do outono, estação que vai de 21 de março a 21 de junho, e caracteriza-se pela combinação da diminuição da umidade relativa do ar; baixas temperaturas e concentração de poluentes na atmosfera, a propagação de algumas doenças se manifesta, uma vez que o sistema imunológico passa por alterações naturais e o organismo fica mais suscetível a algumas doenças.

As mais comuns são as infecções respiratórias, como as gripes (causadas pelo vírus influenza) e os resfriados. Em crianças também temos as infecções causadas pelo vírus sincicial respiratório (VSR). Além dessas doenças, temos as laringites, faringites, bronquites, pneumonias, otites, sinusites, rinites, alergias, conjuntivites (causadas pela secura do tempo), asma e secura da pele, que fica mais favorável à rachaduras e alergias”. Esse é o alerta que fazem os médicos principalmente aos integrantes do chamado grupo de risco que é composto pelos idosos, crianças e pessoas com doenças crônicas.

Segundo os especialistas o diagnóstico dessas enfermidades deve ser realizado através de avaliação clínica e se necessário, investigação por imagem, além de exames laboratoriais. O tratamento das doenças respiratórias virais baseia-se apenas em sintomáticos, hidratação e alimentação saudável. Se houver infecção secundária por bactéria, o médico deverá receitar o antibiótico adequado.

E alerta ainda sobre os riscos à saúde da automedicação. O uso de medicamentos de forma incorreta pode acarretar o agravamento de uma doença, uma vez que a utilização inadequada pode mascarar determinados sintomas. Se for antibiótico, a atenção deve ser redobrada, pois o uso abusivo pode facilitar o aumento da resistência de micro-organismos, o que compromete a eficácia dos tratamentos. Outra preocupação em relação ao uso do medicamento refere se à combinação inadequada. Neste caso, o uso de um pode anular ou potencializar o efeito do outro. O uso de remédios de maneira incorreta pode trazer ainda consequências como: reações alérgicas, dependência ou até a morte.
             
PREVINA-SE:
Aproveite o outono da maneira certa, confira as orientações da Dra. Geny para ajudar a manter a saúde:
• Evite ambientes fechados e procure arejar os recintos;
• Realize hidratação via oral e na pele;
• Higienize as mãos, pois existe a contaminação através de objetos manuseados. Se não houver a possibilidade de lavagem das mãos no momento, o álcool gel pode ser aplicado;
• A alimentação saudável e equilibrada também é muito importante, pois as vitaminas e nutrientes dos alimentos protegem o organismo contra as doenças, evitando que o corpo fique vulnerável a contaminações;
• Temos ainda a vacina antigripal e a vacina anti pneumocócica.
A característica principal do outono é a gradativa redução da luz solar diária ao longo de sua duração. Isso acontece porque o seu início se faz, justamente, no ápice do equinócio, período em que a Terra encontra-se igualmente iluminada, entre o Hemisfério Norte e Sul, pelo sol, por isso há dias e noites com a mesma duração. Nessa época, o fenômeno também é chamado de equinócio de outono, o que também é útil para diferenciar o outro equinócio que marca o início da primavera.

Dessa forma, à medida que os dias do outono sucedem-se, a iluminação da Terra pelo Sol vai ficando cada vez mais desigual, o que provoca a duração menor dos dias em relação às noites. Essa redução na incidência de radiação sobre a superfície provoca, com isso, diversas alterações climáticas e naturais.

Vale lembrar que, assim como todas as estações do ano, o outono é mais diretamente sentido e percebido nas zonas da Terra situadas mais ao norte e mais ao sul. Nas áreas equatoriais, de latitudes baixas, a divisão do ano em quatro estações não é tão perceptível em termos práticos e empíricos.

sso explica também o fato de o outono não apresentar características específicas que se apliquem de forma generalizada, ou seja, de maneira igual em todos os lugares. Mas em uma tentativa de simplificação, podemos dizer que as características do outono são:
- Noites gradativamente mais longas que os dias à medida que a estação avança, pois trata-se de um período de transição entre o equinócio e o solstício de inverno;
- Aumento da incidência de ventos;
- Redução gradativa das temperaturas;
- Maior incidência de nevoeiros pela manhã;
- Diminuição da umidade do ar;

Deixe seu Comentário