Rádios On-line

Governador repassa R$ 531 mil para campeonato estadual

Convênio foi assinado em solenidade realizada na quarta-feira

18 JAN 2013 - 08h:55Por Redação

O Campeonato Estadual de Futebol Profissional de Mato Grosso do Sul contará com um reforço financeiro de R$ 531,5 mil para este ano. O recurso faz parte do convênio assinado na quarta-feira, entre o governador André Puccinelli e a Federação de Futebol do Estado.

De acordo com informações do governo estadual, o recurso será destinado ao pagamento de taxas de arbitragem, transporte, hospedagem, alimentação dos árbitros e dos atletas durante a campanha.

Durante a assinatura, o dirigente Iliê Martins Vidal, vice-presidente do Esporte Clube Águia Negra, de Rio Brilhante, lembrou a dificuldade dos clubes em conseguir patrocínio em um Estado que tem o futebol profissional pouco divulgado.   “Este recurso que o governo vai repassar é essencial, pois vai tirar das nossas planilhas todo esse gasto. No nosso caso, isso vai gerar uma economia de pelo menos R$ 10 mil mensais, o que representa mais dinheiro para manter um bom elenco, além de elevar o nível dos jogadores e da competição”, ressaltou Iliê. 

O Esporte Clube Águia Negra de Rio Brilhante foi campeão do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol Profissional da Série A em 2012. O time vai representar o Estado em duas grandes competições, o Campeonato Nacional de Futebol – Série D - e também a Copa do Brasil. 

O presidente do Clube Esportivo Nova Esperança (Cene), José Rodrigues, também compartilha da mesma opinião. Para ele, a economia de 30% do orçamento geral do clube vai proporcionar mais investimentos na categoria de base e alavancar o nível da competição. “Atualmente, temos uma despesa mensal de cerca de R$ 50 mil e, com essa economia com taxas, transporte, hospedagem e arbitragem, poderemos investir numa equipe técnica melhor preparada e qualificada”, detalhou o dirigente. 
Os 14 clubes beneficiados com o convênio assinado entre o governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte), e a Federação de futebol de Mato Grosso do Sul, vai garantir também transporte e alimentação para os árbitros, produção de 980 bolas oficiais da competição, aluguel de estádios e confecção de placas estáticas. “Entendemos que toda a prática esportiva deve ser estimulada. Enquanto agente público, entendo que essa parceria vai beneficiar o esporte. O futebol é uma paixão nacional e queremos tentar, em conjunto, fazer crescer o esporte no Estado”, disse o governador André Puccinelli. 
Para o presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul, Francisco Cezário de Oliveira, o investimento trará benefícios ao campeonato e aos clubes, junto aos diversos parceiros. “Ter o apoio do governo do Estado mostra que esta é uma competição séria e transparente. Essa parceria agrega credibilidade ao campeonato e aos clubes que dele participam”, elogiou o presidente. 

Cezário contabilizou os números do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol Profissional de 2013 e das categorias de base que os 14 clubes mantêm. Segundo o presidente da Federação, nos 98 jogos divididos em quatro fases, o Campeonato Estadual vai gerar cerca de 8 mil empregos diretos e indiretos nos meses de dezembro a maio, período de duração da competição, e ainda empregará em média 20 mil pessoas que trabalham com as categorias de base e na Série B do Estadual. O campeonato tem inicio no dia 19 de janeiro e os jogos terminam no dia 5 de maio de 2013.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13