Rádios On-line
SITUAÇÃO DE EMERGêNCIA

Governo de MS libera mais de R$ 500 mil para cidades afetadas pelas chuvas

Verba será encaminhada para 32 municípios que decretaram emergência desde novembro

3 FEV 2016 - 12h:49Por Tatiane Simon

Com 34 cidades em situação de emergência no estado de Mato Grosso do Sul em função das fortes chuvas desde novembro passado, o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, em solenidade de repasse de recursos realizada em Campo Grande nesta terça-feira, 2, assinou convênio com a Prefeitura de Antônio João e Glória de Dourados.

Para Antônio João foi garantido o repasse de R$336.816,40 de recursos estaduais para aquisição de material de construção para a edificação de 20 moradias no Conjunto Pôr do Sol. Para o município de Glória foram disponibilizados R$ 121.714,90 para implantação de drenagem pluvial e pavimentação asfáltica na via que dá acesso às unidades habitacionais do Programa Habitacional Financiado.

Na ocasião, o Governo do Estado liberou recursos da ordem de R$ 62,8 mil provenientes do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul (Fundersul), para a aquisição de 20 mil litros de diesel que irão abastecer os maquinários que atendem os 32 municípios que decretaram situação de emergência.

Vale ressaltar que, embora, o total de municípios que decretaram emergência Campo Grande não foi incluída por possuir capacidade de respostas aos danos e Anastácio ainda poderá ser beneficiado, pois a situação foi decretada recentemente.

AÇÕES

A Defesa Civil e a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) realizaram 15 contratos emergenciais para recuperação de estradas municipais com recursos aproximados de R$ 19 milhões para os 32 municípios.

No município de Tacuru e em outras cidades, o Governo do Estado já enviou empresas terceirizadas para que as obras iniciem o quanto antes. Em Tacuru, pelo menos, 50% dos estragos já foram reparados.  Toda a malha viária do município, 1,6 mil quilômetros, dentro do município também foi destruída.

Os relatos de destruição entre as cidades do interior são parecidos e a chuva continua a cair forte em todas as áreas do Estado.  Em Amambai, 13 pontes foram destruídas desde o inicio das chuvas, em meados de novembro.

Os mesmos desafios também vive o município de Sete Quedas, que teve duas pontes destruídas e outras quatro danificadas no município.

Deixe seu Comentário