Rádios On-line

Governo investe em equipamentos de paracanoagem no Estado

O equipamento vai proporcionar aulas de canoagem a dez alunos que já frequentam o curso da primeira Escola de Paracanoagem do Estado e do Brasil

11 DEZ 2012 - 14h:20Por Redação

Sensação de pura liberdade. Essa foi a definição do sentimento do paratleta Rodrigo Figueiredo ao colocar seu novo caiaque na água. “O caiaque tem um custo muito alto e este incentivo do governo vai trazer beneficio para muitas pessoas e uma melhoria significativa na qualidade de vida dos paratletas”.

O equipamento entregue nesta terça-feira (11) pelo governador André Puccinelli foi garantido através de um convênio no valor de R$ 30.560,00 entre o governo do Estado, com a Fundação do Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) e a Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul, que também garantiu mais oito embarcações, entre caiaques e canoas, bem como dez coletes salva-vidas, remos e camisetas para a prática e treinamento de paratletas em Campo Grande.

O destaque de Mato Grosso do Sul no cenário nacional foi enfatizado pelo governador, que ressaltou a importância do incentivo do governo do Estado para práticas esportivas como o desporto de velocidade, competição de máquinas ou desempenho físico dos atletas. “Esperamos que com um caiaque mais moderno o Rodrigo que representa o Estado possa ter um melhor desempenho”, disse o governador, ao lembrar que Rodrigo Figueiredo e Fernando Rufino têm boas colocações no ranking nacional.
 
O equipamento vai proporcionar aulas de canoagem a dez alunos que já frequentam o curso da  primeira Escola de Paracanoagem do Estado e do Brasil, específica em treinamento de paratletas, modalidade nova que vem crescendo a cada dia.  Cinco deles estão sendo preparados para representar Mato Grosso do Sul no Campeonato Brasileiro de Paracanoagem, de 13 a 17 de dezembro, em primavera do Leste, Mato Grosso. O projeto conta ainda com um monitor que auxilia especialmente atletas cadeirantes.

Para o presidente da Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul, Admir Arantes, o convênio vai trazer mais visibilidade ao esporte e fazer com que mais pessoas se interessem pela canoagem. “Poucas federações têm apoio como nós temos tido do governo do Estado, que sempre nos incentivou e garantiu recursos através do Fundo de Investimento Esportivo. Agora cabe a nós trazermos os títulos para o Estado”, ressaltou Admir.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13