Rádios On-line

Integrantes do MST em MS bloqueiam três rodovias em protesto

Bloqueios foram feitos nas BRs-163, 267 e na MS-060

17 ABR 2013 - 15h:21Por Redação

Três rodovias em Mato Grosso do Sul foram bloqueadas, nesta quarta (17) por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), na manifestação nacional que cobra agilidade no processo de reforma agrária e presta homenagem aos mortos do conflito em Eldorado dos Carajás, no Pará. No estado, segundo coordenadores do movimento, o protesto foi encerrado no fim da manhã.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram bloqueadas a BR-267, no distrito de Casa Verde, em Nova Andradina e BR-163, em Anhanduí. Segundo o MST, também foi bloqueada a MS-060, saída para Sidrolândia. As manifestações começaram a partir das 7h (horário de MS).
De acordo com a PRF, os protestos foram encerrados às 10h nas BRs 267 e 163. Ainda não há informações do fim do bloqueio na MS-060.

Na terça-feira (16), a BR-267 já havia sido interditada em uma prévia do protesto nacional.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 100 pessoas estão ocupando a BR-163, próximo a Anhanduí. O grupo aborda os motoristas, entregam panfletos sobre o   manifesto e  liberam a pista. Já na BR-267, próximo ao distrito de Casa Verde, 150 pessoas participam do manifesto e o bloqueio é total.

Na rodovia BR-060, próximo a Terenos, a pista é bloqueada e liberada em intervalos de 21 minutos, número que remete aos mortos do conflito em Eldorado dos Carajás. Aproximadamente 100 pessoas participam do manifesto.

Roberto Luiz dos Santos, um dos integrantes do MST informou ao G1 que, durante a interdição alimentos produzidos pelo assentamento Santa Maria, na saída de Sidrolândia, são doados aos condutores. Eles entregam mandioca, quiabo, milho verde e algumas frutas. Segundo Santos, o objetivo é divulgar o trabalho da agricultura familiar.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13