Rádios On-line
FORA!

Justiça nega registro de mais de 2 mil candidatos 'fichas suja' no país

Maioria dos que pretendiam concorrer às eleições deste ano têm condenações por corrupção

20 SET 2016 - 06h:40Por Valdecir Cremon

A Justiça Eleitoral brasileira barrou duas mil candidaturas a prefeito, a vice-prefeito e a vereador, em todo o país, para as eleições deste ano, com base na lei da Ficha Limpa. A maioria (41%) dos pedidos de registro partiu de políticos com condenações por corrupção.

O total de candidatos barrados representa 0,5% das 496 mil pedidos de registro mandados pelos tribunais estaduais ao Tribunal Superior Eleitoral. Entre as decisões do TSE, cerca de mil estão completamente fora da disputa e outras 1.300 seguem na concorrência por meio de recursos.

Entre os políticos que ainda podem ter pedido revisto, quase 280 são candidatos a prefeito e 120, a vice. Os barrados de participarem da eleição, 125 são a prefeito e 78 a vice - o que significa cerca de 17% dos candidatos que buscam o cargo máximo da eleição municipal.

Em 2012 o TSE impediu registro de 300 candidatos a prefeito com base na mesma lei. 

Deixe seu Comentário