Rádios On-line
REVANCHE

Misto enfrenta líder do sul-mato-grossense em casa

Operário tem 7 pontos a mais que o Misto, na classificação do Grupo A

12 MAR 2016 - 09h:47Por Valdecir Cremon

O Misto EC, de Três Lagoas, estreou no Campeonato Sul-Mato-Grossense deste ano com uma derrota por 2 a 0 para o Operário, em partida disputada na capital Campo Grande, dia 14 de fevereiro. O comando do time era do técnico Nei César e a situação no elenco, diretoria e comissão técnica eram outros.

Hoje, um mês depois, o time que amargou a lanterna e conquistou apenas um ponto em 12 disputados, pode encarar o mesmo adversário em condições de reverter a situação inicial, mesmo que entre ambos exista uma diferença de sete pontos, na classificação do grupo A.

A volta do treinador João Marçal ao comando do time, além da troca de mais de uma dúzia de jogadores, alterou significativamente o cenário. Com novo formato de trabalho, salários em dia e ânimo para fugir da zona de rebaixamento, a equipe entra em campo, hoje à noite, para vencer.

FAVORITO
O adversário de hoje é o principal time do campeonato, classificado como o mais preparado e com maior investimento para conquistar o título. “Não é nosso adversário. Os adversários do Misto são o Serc e o Novoperário”, disse ontem João Marçal sobre a disputa pelo título do ano e a fuga do rebaixamento.

“Não disputamos título. Como se diz por aí, nossa luta é para não cairmos para outra série. O Operário sim luta pelo título e tem obrigação de se esforçar para isso. Nosso caso é bem mais complicado, porque temos dois adversários diretos, que também farão o possível para não cometer erros”, disse o treinador.

Na classificação, o Operário tem 11 pontos. A distância para o Costa Rica, segundo colocado é de apenas um ponto. O Misto tem 4 e “disputa” diretamente com Novoperário, que tem 6, e o lanterna Serc, com 2, para não ser ameaçado. 

Nesta rodada, o Novoperário enfrenta o Comercial - terceiro colocado do grupo, com  6 pontos. O Serc enfrenta o Costa Rica, em casa.
A confiança de sair de campo,hoje à noite, com mais três pontos deve fazer João Marçal repetir a escalação da equipe que venceu o Novoperário por 2 a 0, na rodada anterior. “Não tivemos baixas por cartões e nem contusões desde o jogo anterior. Então, vamos com a mesma escalação e com o propósito de manter o mesmo futebol”, disse.
No Operário, a escalação deve ser a mesma que atuou na vitória sobre o Serc, também por 2 a 0. 

A partida de hoje, 19h, no Madrugadão, terá como árbitro Marcos Mateus Pereira, da CBF. 
 

Deixe seu Comentário