Rádios On-line

Morador de rua confessa ter ateado fogo em seis veículos em MS

Morador de rua foi preso em flagrante no sábado, após três atentados

18 MAR 2013 - 11h:15Por Redação

O morador de rua de 32 anos, preso no sábado (16), suspeito de incendiar veículos em Campo Grande, confessou as ações criminosas ocorridas a partir da noite de sexta-feira (15) e madrugada do sabado. De acordo com o delegado do Grupo Armado de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros (Garras), Alberto Vieira Rossi, ele teria ateado fogo em seis veículos, um a mais do que a investigação havia atribuído a ele.

Segundo Rossi, o homem confessou ter ateado fogo e seis veículos, em casos ocorridos entre a noite de sexta-feira (15) e a madrugada de sábado: uma caminhonete Hilux, na avenida Afonso Pena; um Gol, na rua 25 de Dezembro; o caminhão de frutas, o caminhão da empresa de engenharia e o utilitário na região da Praça das Araras. O morador de rua disse ainda que incendiou outro caminhão, na Praça do Rádio Clube, mas este caso não fazia parte da conta inicial da polícia e está sendo apurado.

O suspeito continua detido na delegacia do Garras. Rossi disse ao G1 na manhã desta segunda-feira (18) que o homem deve permanecer no Garras até que as investigações sejam concluídas.

“Ele foi autuado em flagrante pela prática de incêndios, mas, ainda estamos fazendo levantamento de informações para encerrar as investigações”, afirmou Rossi. De acordo com o delegado, o suspeito será levado aos locais em que colocou fogo nos veículos para confrontar o que foi relatado em depoimento.

Flagrante
O suspeito foi preso poucos minutos depois de ter incendiado dois caminhões e um carro utilitário na região da Praça das Araras e da Orla Morena, no bairro Amambai.

Segundo a polícia, foram encontradas provas suficientes para apontá-lo como autor das ações. No momento da prisão, os policiais encontraram uma garrafa com álcool e fósforos com o suspeito, além do canivete do funcionário de uma das empresas onde o caminhão foi incendiado.

Em entrevista ao Bom Dia MS desta segunda-feira (18), o Secretário de Segurança Pública deMato Grosso do Sul, Wantuir Jacini, afirmou que não há dúvidas de que o morador de rua é o autor de crimes registrados entre sexta-feira (15) e sábado (16) em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13