Rádios On-line
INTERLAGOS

Mulher de 30 anos morre vítima de H1N1 em Três Lagoas

Vítima morava no bairro Interlagos e morreu no dia 15 de abril, no Hospital Auxiliadora

3 MAI 2016 - 06h:53Por Kelly Martins

Uma moradora do bairro Interlagos, de 30 anos de idade, morreu vítima de H1N1, em Três Lagoas. A confirmação foi feita pela Secretaria Municipal de Saúde e é a primeira morte provocada pela doença este ano, no município, que possui 113 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a secretaria, a mulher foi diagnosticada com a doença no dia 13 de abril. Ela teria começado a apresentar os sintomas da gripe em 30 de março. No dia 12 de abril, a moradora chegou a ser internada no Hospital da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul) e, em seguida, foi transferida para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

A secretaria explica que a equipe da Saúde realizou a coleta de exame, no dia seguinte, e enviou a amostra para um laboratório de Campo Grande, que constatou se tratar do vírus H1N1. Porém, no dia 15 de abril, às 19h20, a paciente faleceu em decorrência da doença.

Foram registrados seis casos suspeitos de gripe, em Três Lagoas, até o momento. Nesta segunda-feira (2), as vacinas contra a doença se esgotaram na cidade. Os estoques nos postos de Saúde acabaram e também na única clínica da rede particular.

MORTES

Com o caso em Três Lagoas, sobe para seis o número de mortes por gripe em Mato Grosso do Sul, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. Os outros registros ocorreram nos municípios de Campo Grande (3), São Gabriel d3'Oeste (1) e em Corumbá (1).

Deixe seu Comentário