Rádios On-line

Naviraiense pode ser excluído da Copa do Brasil

O clube pode ser penalizado por usar jogador em situação irregular

18 MAI 2013 - 07h:57Por Divulgação

Depois do clima de euforia vivido pelo Naviraiense ao ser classificado para a terceira fase da Copa do Brasil, a equipe pode ser eliminada da competição por fatores extracampo. O Naviraiense teria escalado um atleta irregularmente na primeira partida do confronto com o Paysandu, pela segunda fase, no dia 8 de maior. O jogo foi vencido pelos paraenses por 1 a 0.

A equipe está sendo acusada de atuar com o jogador Luis Cláudio Lima Conceição, o “Bahia”, de forma irregular, na primeira partida contra o Paysandu. O atleta entrou aos 44 minutos da segunda etapa na partida, no estádio Virotão. Ele substituiu o camisa 10, Buiú, com a camisa 17. O contrato dele teria expirado um dia antes, no dia 7. Na segunda partida, o atleta foi novamente relacionado, mas não entrou em campo.
O regulamento prevê a perda do dobro de pontos no caso de escalação irregular de qualquer jogador. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já encaminhou o caso ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportivo). A equipe será julgada e, se confirmada a irregularidade, poderá perder seis pontos, sendo eliminada assim da competição.

O técnico Paulo Rezende fez declarações a veículos de imprensa ontem e disse que “A federação (FFMS) já entrou em contato com a gente avisando que o atleta estava irregular. O clima aqui é de velório. Ganhamos no campo duas classificações e corremos o risco de ser eliminados no papel por culpa apenas de nós mesmos. Estamos muito tristes”.

Segundo informações, a premiação que a CBF concederia ao clube classificado ainda não foi repassada ao clube. A previsão era de que o repasse fosse liberado ainda nesta semana.

Já o vice-presidente da FFMS, Marco Tavares, confirmou a irregularidade e a provável eliminação.

O prefeito Léo Matos (PV) afirmou que vai recorrer até as últimas instâncias para segurar a vaga do time. “Futebol se ganha no campo, como ganhamos, mas vão tentar levar essa no tapetão. Não havia irregularidade e vamos recorrer até as últimas instâncias”.

O presidente do clube, Diomedes Cerri, disse que irá comprovar, por meio de documentos, a renovação dos contratos dos jogadores. “Temos todas as carteirinhas emitidas pela federação com prazo até 15 de julho, disse o dirigente.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13