Rádios On-line

Polícia investiga empresas suspeitas de fraude em licitações do IFMS

Instituto Federal informou que colaborou com a investigação

6 FEV 2013 - 18h:19Por Redação

A Polícia Federal (PF) cumpriu seis mandados de busca e apreensão em três residências e em sedes de três empresas na manhã desta quarta-feira (6), durante a operação “Volts”, em Campo Grande. A ação faz parte da investigação de casos de fraudes em licitações realizadas pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).

Segundo informações da PF, as empresas, que não tiveram os nomes divulgados, pertencem à mesma família. A investigação não constatou a participação de servidores públicos do IFMS nas fraudes.

As investigações, realizadas pela Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Financeiros e Desvio de Recursos Públicos, começaram em 2011, após o Ministério Público Federal (MPF-MS) receber uma denúncia em relação os processos licitatórios do IFMS. Segundo a PF, o comunicante da denúncia informou qual seria o resultado de quatro licitações, antes que fossem aberto os envelopes com as propostas de preço.
Ainda de acordo com a denúncia, as empresas participantes celebraram acordos para fraudar e superfaturar as licitações feitas pelo IFMS para a execução de serviços de instalações elétricas em obras realizadas no interior do estado.

A assessoria de imprensa do IFMS informou ao G1 que as quatro licitações investigadas pela PF são referentes à construção de quatro unidades do instituto. A assessoria informou ainda que o órgão sabia das investigações e que entregou todos os documentos solicitados pela PF.

A assessoria informou ainda que em 2010, foram abertas cinco licitações para obras de cinco unidades do órgão nos municípios de Aquidauana, Corumbá, Coxim, Três Lagoas e Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13