Rádios On-line
8991

Posse de Obama deixou internet lenta

7,7 milhões de pessoas dos mais diversos locais assistiram ao streaming ao vivo da posse do primeiro presidente negro dos E

22 JAN 2009 - 09h:39Por Redação

Vários sites de vídeos mostraram ontem, ao vivo, a festa para a posse de Barack Obama, que aconteceu em Washington, lugar onde fica a Casa Branca. A procura por estes streamings foi tão alta que deixou muitas empresas com o seu sistema lerdíssimo.

O porta-voz da empresa Akamai Technologies, Jeff Young, revelou que 7,7 milhões de pessoas dos mais diversos locais assistiram ao streaming ao vivo da posse do primeiro presidente negro dos EUA. Além deste gigante número, Young afirmou que dezenas de milhares de pessoas visitaram o site ao longo do dia. Estes são números recordes para a empresa.

Já a Limelight Networks, concorrente direta da companhia citada acima, revelou que 2,5 milhões de internautas assistiram a posse de Obama na internet. Este número não é apenas para as pessoas que viram a festa no site da empresa, mas em outros veículos, uma vez que o streaming ao vivo poderia ser colocado em qualquer site - processo semelhante ao do YouTube.

Embora as duas empresas acima tiveram êxito ao exibir ao vivo via streaming a posse de Obama na internet, grandes nomes do mercado não conseguiram suprir a demanda de internautas. É o caso do site da CNN. A emissora deixou internautas na lista de espera quando o serviço ficou super-lotado.

Barack "The Pop" Obama deixou a internet lerda em todo o globo terrestre. Ninguém queria perder a festa, a posse, a cerimônia e suas palavras. Pelo jeito, as coisas foram difíceis para os sites que exibiram ao vivo, via streaming, a festa da posse. Segundo dados da Keynote Systems, empresa que rastreia a performance de websites, 40 das principais páginas do mundo teve a sua velocidade reduzida para até 60% quando a cerimônia começou.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13