Rádios On-line
IMPUGNAÇÃO

PTB recorre de impugnação e Idevaldo teme não disputar Prefeitura de Três Lagoas

Ministério Público Estadual pediu a impugnação de 12 candidaturas do partido

30 AGO 2016 - 11h:50Por Ana Cristina Santos

O PTB protocola nesta quarta-feira (30), no Cartório Eleitoral de Três Lagoas, a defesa do partido contra o pedido de impugnação de 12 candidaturas feita pelo Ministério Público Estadual. Entre os pedidos, está a de Idevaldo Claudino, que disputa como candidato à prefeitura da cidade.

O candidato disse estar entristecido com a situação e que teme não poder disputar as eleições. “É uma pena. Um processo bacana. Estamos fazendo uma campanha bonita nos bairros, mas, infelizmente, a lei partidária colocou essa situação. Estou entristecido, mas não abatido. Estou firme na luta, mas tem esses percalços pela frente”, declarou.

De acordo com o promotor eleitoral Jui Bueno Nogueira, partidos como o PTB alteraram o estatuto neste ano para se ajustarem à nova legislação eleitoral, que prevê prazo de seis meses de filiação para candidatos concorrerem. No entanto, a legislação diz que a alteração não pode ocorrer no ano da eleição. E, no caso do PTB e de mais dois partidos de Três Lagoas, isso ocorreu em 2016.

Outro candidato a prefeito com problemas de registro é Paulo Leite, do PHS.

De acordo com Idevaldo, a alteração no estatuto do PTB aconteceu em março deste ano. “A interpretação da lei é que estamos apresentando em nossa defesa e vamos ver o bom senso do juiz”, disse.

Ainda segundo Idevaldo, caso a Justiça acate o pedido do Ministério Público Estadual, o partido vai recorrer. Mesmo assim, revelou receio em não disputar as eleições. “Com absoluta certeza estou com receio, pois estamos fazendo um trabalho bonito nos bairros, com a população se manifestando a favor do nosso projeto. Agora vem uma pancada dessa? Eu particularmente não esperava isso, mas lei é lei e está aí para ser cumprida. Estou triste, mas não vamos desistir e vamos até o final”, acrescentou.

Deixe seu Comentário