Rádios On-line
RCN NEGÓCIOS

'O nível de exigência é muito alto, você tem que se adequar', afirma Jair Panucci

Empresário contou como iniciou sua carreira aos 15 anos e hoje lidera uma empresa de mais de 130 colaboradores

14 SET 2020 - 10h:21Por Beatriz Rodas

Jair Panucci tinha 15 anos quando deixou o sonho de ser jogador de futebol para trabalhar na administração de uma empresa de concreto que, segundo ele, tinha três caminhões velhos.

Hoje, a mesma empresa conta com mais de 130 colaboradores e Jair tem o orgulho de chamar de sua. A Constroluz Mix Concreto Usinado está presente em mais de quatro estados e constrói uma história, como seu próprio nome remete, "concreta" na região.

TRAJETÓRIA

Como mencionado, o empresário começou a trabalhar bem jovem, aos 15 anos, junto à família. Ele conta que:

Era difícil para o pessoal de uma empresa entender que um menino de 15 anos queria o melhor para eles, fazer um bom trabalho. Tinham funcionários que tinham, de carreira, mais tempo que eu tinha de vida. Funcionários com 15, 16 anos de empresa. Mas eu entrei para fazer o melhor, para fazer um bom negócio.

Por ter começado ainda cedo, antes mesmo de se profissionalizar nos estudos, Jair aconselha jovens e iniciantes a não soltarem as oportunidades que surgirem.

Tem que estar com o foco nos estudos, mas se tiver a oportunidade de trabalhar é muito importante ter a experiência. É no trabalho onde começa o aprendizado, a noção do que é um negócio. Ali começa a despertar na mente do jovem, o sonho. Um futuro melhor, oportunidades melhores.

É como diz o velho ditado: "O trabalho dignifica o homem". Ainda sobre trabalho, mas desta vez voltado ao mundo do empreendedorismo, Panucci alerta que é preciso estar atento às exigências de quem busca seus serviços, antes de pensar em sua vontade própria enquanto empresário.

"Primeiro passo: você tem que estar disposto a se enquadrar no nível de exigência do cliente. Vejo muitos empresários que são altamente restritivos quando o assunto é a prestação de serviços. O nível de exigência é muito grande – qualidade, sustentabilidade, segurança, corpo técnico, organização, limpeza, tudo. Você tem que estar disposto. E nós sempre estivemos muito dispostos. A partir do momento que você está dentro de um projeto, você tem que se adequar às regras do seu cliente", explicou.

Confira mais sobre as experiências vividas por Jair e compartilhadas no RCN Negócios do último sábado (12):

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13