Rádios On-line
CBN LIVE EUGENIO MUSSAK

Simone reafirma parceria e destaca força da indústria e comércio para crescimento de MS

Em seu discurso, Simone Tebet também justificou a ausência do governador André Puccinelli, que está em Brasília.

28 FEV 2013 - 11h:38Por Redação

Durante a inauguração da 13ª loja de Rede Comper, na Capital, a vice-governadora Simone Tebet reafirmou a parceria público-privada para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. O Hipercenter entregue nesta quarta-feira (27) está localizado na avenida Tamandaré com a rua Euler de Azevedo e vai gerar cerca de 150 empregos diretos e indiretos.

“Por parte do governo do Estado vocês terão todos os incentivos”, garantiu a vice-governadora aos representantes da rede de supermercados. Conforme Simone Tebet, o objetivo de atrair indústrias é porque elas geram empregos diretos e indiretos e isso também atrai o comércio. “Quando temos uma indústria forte por trás dela vem o setor terciário que é do comercio. Um exemplo disso é Campo Grande. A Rede Comper está entre as dez maiores empresas do setor alimentício do Brasil e grande parte do seu investimento está na Capital. Isso mostra a força econômica da cidade e a força do Estado”, justificou Simone.

Em seu discurso, Simone Tebet também justificou a ausência do governador André Puccinelli, que está em Brasília. A divisão dos royalties do petróleo, além do repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) são alguns dos assuntos discutidos no Distrito Federal. “Este ano para Mato Grosso do Sul é decisivo. Estamos na luta pela partilha dos royalties, o FPE e esse otimismo se estende também no comércio e indústria”, salientou.

A vice-governadora disse que apesar da crise de 2009 e 2011 com reflexos no ano de 2012, o início deste ano foi bom. “Janeiro foi mês positivo em arrecadação e repasses federais. O mundo está voltando ao ritmo e a partir desse momento cresce e têm a sua vez os Estados mais fortes economicamente. Mato Grosso do Sul está neste contexto por ter um governo firme e atuante. Temos também uma diversidade de matéria prima que faz com que as indústrias venham e neste sentido, venha também o comercio”, finalizou.

Conforme o diretor do grupo Comper, Beto Pereira, a mais nova loja não só vai atender a população de bairros populosos, como agregar valor à região noroeste da cidade. “São as pessoas que vão ganhar com a chegada do Hipercenter e também o centro comercial. É fazer a cidade dar certo e o Estado dar certo”, disse. De acordo com o empresário as novas lojas são instaladas por meio de um mapeamento de renda e anseio da população.

 

 

Deixe seu Comentário

RCN LIVE EUGENIO MUSSAK

TVC Canal 13