Rádios On-line
7913
Prefeitura Folclore 14 a 180819

Tatu-canastra de 1,40m e 45 kg aparece em avenida de Coxim

Após dois dias de tentativas, policiais militares ambientais de Coxim capturaram segunda-feira à noite, por volta das 22h um tatu-canastra.

11 SET 2012 - 18h:34Por Divulgação-PMA

Após dois dias de tentativas, policiais militares ambientais de Coxim capturaram, na segunda-feira à noite, por volta das 22h, um tatu-canastra. O animal apareceu na avenida Getúlio Vargas, próximo ao quartel da Polícia Militar Ambiental há dois dias, mas quando percebia a presença de pessoas refugiava-se em um buraco de aproximadamente 50 centímetros de diâmetro.

Após capturar o tatu, a PMA devolveu o animal ao seu habitat natural, em uma fazenda na área rural do município. O tatu pesou 45 kg e mediu 1,40 metro do focinho à calda. A espécie está em extinção. Para se ter ideia da força do animal, em poucos minutos que ficou enjaulado no quartel da PMA, ele perfurou o concreto com as garras.
O tatu-canastra é o maior e mais raro dos tatus vivos. Pode medir mais de 1 metro de comprimento, ter mais de 50 cm de cauda e pesar até 60 kg. As patas enormes possuem garras possantes, sobretudo as anteriores. A garra central mede 20 cm de comprimento e é usada pelo animal para escavar sua toca. Revolvendo o solo, consegue alimento entre insetos, larvas, vermes, aranhas e cobras.
O tatu-canastra habita os campos e cerrados de todo o Planalto Central do Brasil e Floresta amazônica. Animais de hábitos noturnos são encontrados na vizinhança de riachos e lagoas. A fêmea tem de 1 a 2 filhotes por parição. Por causa de sua carne saborosa e couraça resistente, hoje é raríssimo nas diversas regiões brasileiras onde vive.
 
 
 
 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300