Rádios On-line
ELEIÇÕES 2016

Não haverá polarização nas eleições deste ano

Leia notas sobre política

11 ABR 2016 - 15h:06Por Valdecir Cremon

POLARIZAÇÃO?
Se depender de algumas lideranças políticas, a disputa pela Prefeitura de Três Lagoas não será tranquila e tampouco polarizada entorno de um nome. 

CÂMARA
Em relação ao Legislativo de Três Lagoas, há quem aposte em um percentual grande de renovação, mas tem aqueles que entendem que a maioria volta em 2017.

DESGASTE
Representantes do PMDB em Mato Grosso do Sul entendem que o partido não saiu prejudicado com a janela de desfiliação, encerrada no dia 2 de abril. Embora tenha perdido a Prefeitura de Ivinhema, ganhou a de Bandeirantes, mantendo 17 prefeitos no Estado. Há quem entenda que o PMDB e PT devem ser os partidos que vão sofrer mais desgaste nas eleições deste ano.

IMPEACHMENT
Membro da Comissão Especial do Impeachment, o deputado federal Carlos Marun (PMDB/MS) defende arduamente a saída da presidente Dilma Rousseff, bem como o rompimento integral de seu partido com o governo federal. 

Só em 2017?
E por falar em impeachment, segundo apurado pelo jornal Folha de S.Paulo, ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estariam preocupados com o ritmo do processo de cassação da chapa de Dilma e Michel Temer (PMDB). Para eles, a inclusão de ações por parte do PSDB deu novos prazos para defesa dos acusados, o que deve impedir que a votação seja realizada ainda esse ano.

ILUMINAÇÃO
A Prefeitura de Três Lagoas abriu licitação para a contratação de empresa interessada em executar obras de instalação de iluminação na Lagoa Maior. São constantes as reclamações da falta de iluminação no local. Os usuários da lagoa alegam que alguns pontos estão muito escuros, o que ocasiona insegurança para quem utiliza a pista de caminhada.

CORRUPÇÃO
Decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) deve paralisar a Reforma Agrária no Brasil. O TCU identificou 578 mil beneficiários irregulares, entre as cerca de 1,5 milhão de famílias atendidas em todo o País, em programa do governo federal. No total, 1.017 políticos receberam lotes do programa, entre deputados estaduais e um senador.   Caso a apurar.

Deixe seu Comentário