Rádios On-line

Observatório - 12 de Abril de 2013

12 ABR 2013 - 08h:05Por Redação

ÓCIOS DO OFÍCIO
No pacote de 113 processos julgados pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE-MS) nessa semana, está um contrato assinado em 2011 pela Câmara de Três Lagoas, que pagou R$ 77 mil a uma empresa para serviços de digitação, organização e arquivamento de documentos administrativos, trabalho que poderia ser feito por servidores da Casa, que passam parte do tempo ociosos. 

CACHIMBO
E por falar em Câmara, cinco ex-presidentes do Legislativo de Cassilândia terão que devolver, segundo decisão do TCE-MS, R$ 3.595,73 de subsídios recebidos a maior. Os alvos da Corte Fiscal são os ex-presidentes Baltazar Soares Silva, Romão Maiorchini, David Ferreira de Freitas, Silvoney Veron da Silva e Ozélio da Silva, que também foram multados em R$ 960 cada um pelo recebimento indevido.

ALÇA DE MIRA
A Câmara de Cassilândia decidiu abriu Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as razões da recusa do prefeito Carlos Augusto da Silva (PR) em construir o balneário municipal no rio Aporé, levando a Prefeitura a devolver dinheiro ao Governo Federal. A demora em anunciar a desistência, sob alegação de que o Instituto de Meio Ambiente (Imasul) não concedeu licença, deu prejuízo de aproximadamente 300 mil ao município, que depositou na conta da União R$ 700 mil para restituir verba de R$ 400 mil. A diferença seria a soma dos juros e correção.    

SUDOESTE X NORDESTE
Com a ascensão do ex-prefeito de Dois Irmãos do Buriti Osvane Ramos (PTdoB), a região Sudoeste passa a ter três deputados na Assembleia Legislativa. A bancada é formada por Felipe Orro (PDT), de Aquidauana, Márcio Monteiro (PSDB), de Jardim, e agora Osvane Ramos, de Dois Irmãos. Quanto ao Bolsão, permanece com apenas um representante, o deputado Eduardo Rocha (PMDB). 

Recorde-se que a região Nordeste já teve, no máximo, dois deputados estaduais, Akira Otsubo (PMDB), de Três Lagoas, e Luizinho Tenório (PDT), de Cassilândia, apesar região Leste ser bem mais expressiva que o Sudoeste em termos populacionais, economia e extensão territorial.

CAPITAL DO FRANGO
O deputado estadual Márcio Fernandes (PTdoB), apresentou projeto de lei ontem na Assembleia propondo batizar Água Clara como a Capital do Frango, em razão da grande produção da avicultura no município. Segundo ele, o projeto foi apresentado a pedido do prefeito Silas José (PSDB), que no mês passado propôs fiscalização rigorosa da Vigilância sanitária contra a criação de aves na área urbana para proteger as granjas da zona rural. O município é o maior produtor de aves do Estado.

MALAGUEÑA SALEROSA
A possibilidade de uma indústria espanhola de cosméticos trocar Mato Grosso do Sul por são Paulo em seu projeto de instalação de unidade no Brasil, levou a Comissão de Turismo, Indústria e Comércio da Assembleia a designar os deputados estaduais Paulo Corrêa (PR) e Larte Tetila (PT) para viagem a Barcelona, em missão oficial, para visitar a fábrica empresa e apresentar as potencialidades do Estado.

FIM DA ACEFALIA
Acabou o período de hibernação na diretoria da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos (Agepan). O ex-deputado estadual Youssif Domingos (PMDB), foi nomeado pela governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB), para a presidência do órgão. A nomeação saiu ontem no Diário Oficial do Estado. Youssif deixou cargo de assessor na Governadoria para assumir a nova função, com mandato de quatro anos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13