Rádios On-line
11338

Observatório

22 NOV 2012 - 08h:31Por Redação

BARBEIRAGEM
A Câmara de Três Lagoas está deixando de honrar compromissos neste fim de exercício, suscitando especulações sobre má gestão de recursos. De qualquer modo, indexado à receita do Município, o duodécimo, em tese, não perde o fluxo.A propósito, não seria melhor o Legislativo disponibilizar de forma detalhada as contas da Casa no canal da Transparência, ao invés de escancará-las em coletivas de imprensa e para pequenos grupos de pessoas?

PRESO
O famoso Isaías Ramos, que saiu candidato a vereador na eleição deste ano pelo PT, disse que se o ministro do STF, Joaquim Barbosa, viesse a atuar em Três Lagoas, poucos sobreviveriam ao rigor do magistrado.

BARULHO
O promotor de Justiça Antônio Carlos Garcia de Oliveira disse que já está tomando providências a respeito da perturbação de sossego que vem ocorrendo nas proximidades da avenida Capitão Olyntho Mancini com a Eloy Chaves. Ao que tudo indica, tem conveniência que não poderá funcionar depois das 22 horas.

REUNIÃO
O gerente regional da Sanesul, Álvaro Ricardo Calábria, esteve reunido com a prefeita Márcia Moura. Será que ela pediu providências a respeito do descaso que a estatal vem tendo no que se refere a serviços de sua competência?

DESCASO
Sobre a Sanesul, o que chama a atenção é que, antes de renovar o contrato, ela estava a todo vapor. Parecia até uma empresa de primeiro mundo no que diz respeito ao atendimento e serviços prestados ao cidadão. Agora, que a renovação já foi assinada, a situação é bem diferente. A propósito, ontem o presidente da estatal, José Carlos Barbosa, fez propaganda dos investimentos em Três Lagoas, como se tudo por aqui estivesse às mil maravilhas. Talvez seja uma boa ideia convidá-lo para sentir os ares da cidade.

RETORNO
Mesmo que não seja no setor público, o arquiteto Fayez José Rizk deve voltar a trabalhar em Três Lagoas. Ele tem planos de voltar ao município para montar um escritório de arquitetura, em breve.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13