Rádios On-line
POLÍTICA

Ordem na casa

Leia a coluna Observatório, publicada na edição deste sábado (21) no Jornal do Povo

21 JAN 2017 - 10h:18Por Redação

SERVIÇEIRA

O que não tem faltado são secretários e servidores querendo mostrar serviço em Três Lagoas. É que o prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) anunciou um prazo de seis meses para os integrantes do primeiro e segundo escalões mostrarem serviço. Se não apresentarem resultados, já adiantou que serão substituídos. Diante disso, tem alguns que não sabem mais o que fazer para se aparecer.

FICHA LIMPA

E segue indefinido o nome de quem comandará a Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer (Sejuvel). Guerreiro anunciou que o próximo secretário tem que ser “ficha limpa” e profissional da área. Embora tenha anunciado que será do PSB, há profissionais que não são do partido tentando escolher um nome sem ligações com agremiações politicas. Desde o meio desta semana, a pasta é chefiada pelo secretário municipal de Governo e Políticas Públicas, Daynler Leonel.

ORDEM NA CASA

A Prefeitura de Três Lagoas vai implantar um processo para ter um maior controle de tudo o que tem e o que ocorre nas repartições municipais. A intenção, segundo o secretário de Administração, Gilmar Tabone, é evitar irregularidades e fazer com que a prefeitura funcione adequadamente. 

MAIS UM POUCO

A Prefeitura de Paranaíba conseguiu pagar, ontem, outra parte da folha de salários de dezembro aos servidores que ganham entre R$ 2 mil e R$ 2,5 mil. Nesse pacote havia apenas 85 servidores. Outros 173, que ganham acima, ficaram sem pagamento.

UMA GRANDE PERDA

Não haverá manifestações populares nem músicas ou poesias, mas o Brasil perdeu esta semana um ministro digno de todas as homenagens, como atletas e artistas quando morrem. A despedida de Teori Zavascki fez o pais se recordar de outro brasileiro ilustre: Ulysses Guimarães.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13