Rádios On-line
11559

Crise sim, omissão não

19 NOV 2008 - 07h:00Por Redação

R$ 373,5 bilhões: Esta cifra corresponde ao valor total das medidas já anunciadas pelo governo federal para tentar aplacar os efeitos da crise econômica. A soma inclui nessa conta a liberação de mais duas linhas de financiamento pela Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. São R$ 8 bilhões para financiar a compra da casa própria de até 1,3 milhão de servidores federais (ativos e inativos). E, para 2009, os bancos públicos vão oferecer mais R$ 5 bilhões em crédito consignado (com desconto em folha). O governo pode até ter demorado para se dar conta da dimensão do problema, mas ninguém pode acusá-lo de omissão neste momento. Bem ou mal, estão fazendo alguma coisa
A crise também vai ao campo... O agronegócio continua a ser uma das principais fontes de receita para o país, mas as falhas nesse motor da economia vão se tornando mais evidentes com a crise. Uma reportagem da Folha de ontem (18) mostra que em Mato Grosso, estado que é uma das potências do setor, 70% dos agricultores deixaram de pagar seus débitos na parcela de R$ 1 bilhão (vencida em 15 de outubro) referente ao financiamento de máquinas agrícolas. Para o governador Blairo Maggi (PR), "estourou a bolha do “subprime” agrícola". Subprime são os créditos de alto risco que instituições americanas concederam a proprietários de imóveis que não tinham condições de honrar seus compromissos. O mesmo estaria sendo registrado no campo, onde o produtor não está conseguindo pagar o que deve. Por isso, bancos ligados às montadoras de máquinas já estão seqüestrando judicialmente os equipamentos como garantia de pagamento.

Juliano Machado

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13