Rádios On-line
EDITORIAL

O Brasil vai mudar

22 ABR 2017 - 08h:24Por Redação

As revelações, cada vez mais surpreendentes feitas pelos delatores da Odebrecht e que podem contribuir para uma superlotação dos presídios brasileiros nos próximos dias, tem evidenciado um país obscuro, comandado por homens de negócios bilionários e capazes de doar qualquer quantia e à qualquer político que demonstrasse interesse em defender os interesses dos que roubavam o país diariamente. O Brasil paralelo que estamos conhecendo agora sempre existiu. Nós, o povo é que não sabíamos. Assim como não entendíamos os motivos de uma nação tão forte como a nossa, permanecer estagnada. O Brasil que nós conhecemos de verdade, é o país que cobra os impostos mais altos do planeta.

As manchetes nos jornais, nos noticiários televisivos e nos sites de notícias estão surgindo numa velocidade impressionante. A cada vídeo novo divulgado, uma surpresa, um nome novo, uma cifra maior que a outra. Estamos conhecendo o verdadeiro sistema. Estamos diante da mais pura realidade. Mesmo que isso tudo ainda promova confusão na mente de milhares de brasileiros, é bom destacar que pela gravidade do momento e pela dimensão do caso, considerado o maior escândalo de corrupção já registrado no planeta, é provável que a justiça não decepcione o povo brasileiro ainda mais.

São tantas as evidencias, provas e informações sobre como nosso dinheiro era desviado e distribuído entre os políticos, que um levantamento feito esta semana revelou que a Odebrecht chegou a distribuir mais dinheiro em propina do que seu próprio lucro. Como essa é uma conta que não fecha, fica claro que os bilhões distribuídos à centenas de políticos ao longo de décadas, vinha mesmo da corrupção. 

E se hoje nosso país não consegue oferecer saúde e educação de qualidade, não promove desenvolvimento econômico e social e não distribui renda com justiça social, é evidente que até agora nossos representantes optaram por priorizar a sí próprios. Talvez essa falta de investimento em educação esteja fazendo sentido agora, quando vemos pesquisas de opinião, apontando uma enorme possibilidade de Lula ser eleito presidente novamente e apesar de tudo o que estamos vendo ser revelado. Muitos dirão que Lula não tem culpa no cartório, o que, ainda, é um fato. Mas é provável que, assim como aconteceu com o Brasil, a verdade sobre Lula inclusive, ainda não tenha sido revelada totalmente. Vamos continuar de olho. O Brasil de hoje pode não ser o mesmo de amanhã.

Essa possibilidade inclusive se tornou ainda mais real com as imagens do ex-ministro de Lula e Dilma, Antonio Palocci, oferecendo-se para revelar o que fosse do interesse da justiça. Palocci está preso e pelo que vimos, muito interessado em sair da cadeia. O caminho mais curto para isso, é a delação. E se isso acontecer, se Palocci decidir falar, muito provavelmente nos surpreenderemos muito mais. Pode ser também que o ex-ministro já saiba que a situação dele tenha se complicado ainda mais depois das delações e tenha compreendido que se continuar calado, talvez ninguém queira ouvir o que ele tem a dizer.

 

Deixe seu Comentário