Rádios On-line
8933
RESISTêNCIA

Abcam não aceita proposta e rodovias seguem bloqueados

O presidente da República Michel Temer, disse que usará o exército para combater a manifestação

25 MAI 2018 - 13h:06Por Lucas dos Anjos

A Associação Brasileira de Caminhoneiros não aceitou a proposta da União, apresentada na tarde de quinta-feira (25) e a rodovia BR-158 e a MS-497 seguem bloqueadas em Paranaíba (MS) por mais de 600 caminhoneiros. Uma trégua chegou a ser divulgada pelo governo, porém a classe disse que não aceitou a proposta.

“Não teve acordo, o que o governo ofereceu é uma vergonha, nós vamos seguir parados até que haja uma proposta decente que irá atender a classe de verdade”, explicou o líder do movimento em Paranaíba, Davi de Mello.

Quanto à possibilidade de interditar por completo a pista, ele descarta a hipótese. “Não vamos fazer isso, enquanto a população tiver combustível a passagem estará liberada, não queremos problemas e nem tumulto”, disse.

Em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (25), o presidente da República Michel Miguel Elias Temer, disse que usará o exército para combater a manifestação, pois o diálogo não foi suficiente para solucionar o problema, e embora eles protestem por algo legítimo, não podem impedir quem pretende seguir viagem.

Temer afirmou ainda, que a medida visa solucionar o problema do desabastecimento no país, segundo ele, o governo não pode permitir que a população fique sem produtos da cesta básica, ou até mesmo, hospitais sem insumos.

“Quem age de maneira radical nas estradas está sendo irresponsável, o acordo está assinado e para eles [caminhoneiros] a melhor coisa é cumprir, pois o governo dialogou e vai cumprir seu papel. O governo tem coragem de exercer sua autoridade em defesa do povo brasileiro”, disse ele na coletiva.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13