Rádios On-line
ROUBO A MÃO ARMADA

Ação conjunta das polícias Civil e Militar resolve caso em tempo recorde

Quadrilha desarticulada: entre os quatro presos, um é adolescente

19 SET 2016 - 20h:03Por Serviço de Investigações Gerais

O trabalho integrado das Polícias Civil e Militar permitiu, em menos de 10 horas, desarticular uma quadrilha responsável pelo roubo ocorrido na manhã de hoje (19), na Drogaria Munhoz, situada na Avenida Três Lagoas, no centro de Paranaíba. Foram presas quatro pessoas, entre eles, um adolescente, além de apreendidas a arma  e a moto usada durante o assalto.

O trabalho de investigação começou com a análise das imagens das câmeras de segurança do estabelecimento e com o procedimento padrão, em função da informação de que os assaltantes buscavam valores que estariam no estabelecimento, entretanto, foram levados para depósito minutos antes do assalto.

Por volta de 8 horas, um indivíduo chegou à Drogaria anunciando o assalto, enquanto outro comparsa ficava do lado de fora. Foi tudo muito rápido, como relatou o proprietário do estabelecimento. Ele disse que sobrara apenas aquele valor no caixa, porque o sócio já havia levado o dinheiro para o banco.

Como o movimento é grande na avenida e, sem alternativa, o marginal pegou R$ 200 reais e saiu montando na garupa de uma moto preta  que estava funcionando à espera, com outro comparsa na direção.

Acionada, a Polícia Civil logo chegou ao local com os delegados Wallace Martins Borges e Arivaldo Teixeira, além de investigadores do Serviço de Investigações Gerais (S.I.G) que iniciaram as investigações com a verificação das câmeras de segurança. Com o alerta, todas as unidades das Polícias Civil e Militar  foram acionadas.

Ainda na parte da manhã, um dos suspeitos foi preso, graças às diligências realizadas de maneira rápida pelo  S.I.G. O indivíduo preso foi identificado como líder da quadrilha e quem organizou e forneceu a arma para o crime praticado. 

Durante as diligências, várias informações de populares chegaram ao conhecimento dos investigadores que faziam a análise e a seleção das informações, assim como o cruzamento de dados. Uma equipe filtrou as informações e repassou para os policiais que estavam na rua. Tal estratégia mostrou-se  acertada resultando na prisão de todos os autores envolvidos no crime, assim como a apreensão da moto e da arma utilizada no crime.

Na sequência das investigações outra equipe do S.I.G. localizou e prendeu  outro elemento, o qual foi identificado como a pessoa responsável por passar informações e facilitar o roubo da quadrilha.

Ele era funcionário de um estabelecimento comercial na cidade e era encarregado de ir até a Drogaria efetuar uma série de pagamentos para a empresa onde trabalha, momento em que informou aos outros autores quais os valores que estes encontrariam na farmácia e a hora exata em que estaria fazendo os pagamentos. 

Na sequência as guarnições da Polícia Militar localizaram e apreenderam a moto utilizada no crime, assim como um adolescente, o qual, após análise das imagens do roubo, foi identificado como sendo o condutor da moto. Foi preso também o irmão do líder do grupo, que foi quem anunciou o assalto. 

 

Deixe seu Comentário