Rádios On-line
11581
A CULPA É MINHA, E COLOCO EM QUEM EU QUISER

As quatro versões confusas da Prefeitura sobre o caso 'Portelinha'

A última versão nos remete a um questionamento: Teriam sido os pais responsáveis pela suspensão do transporte escolar dos próprios filhos?

24 MAR 2019 - 12h:49Por Redação

Em quatro versões dadas para o mesmo fato - a suspensão do transporte escolar dos alunos do bairro Jardim Primavera “Portelinha” - a Prefeitura de Paranaíba explicitou a confusão em que se encontra alguns setores da administração atual. A primeira versão apresentada à imprensa e posteriormente aos pais seria “corte de gastos”. A segunda versão, dada ao Ministério Público, foi a de que “não havia lei que obrigasse o transporte”. A terceira versão, novamente à imprensa, quando perguntada se a prefeitura precisa ser obrigada por lei para beneficiar crianças, foi “superlotação do veículo”. A quarta versão - e até agora a última -, segundo fontes, a de que “A suspensão era temporária, mas, agora, o Ministério Público proibiu que a prefeitura faça o transporte”. Ou seja, a culpa seria dos próprios pais que acionaram o MP em busca de ajuda, ou, quando você é o dono legítimo da culpa você pode colocá-la em quem quiser?

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13