Rádios On-line
PARANAÍBA

Aulas na Rede Municipal seguem online e por tempo indefinido

Aulas presenciais nas Rede Municipal de Ensino estavam previstas para começar dia 1º, mas serão remotas

27 FEV 2021 - 09h:00Por Talita Matsushita

Prevista para retornar em 1º de março, as aulas presenciais na Rede Municipal de Paranaíba ainda não têm data prevista para acontecer. A dificuldade encontrada tem sido referente a burocracia, principalmente no que se refere a licitação de itens que possam garantir a biossegurança, tanto de alunos, como dos professores e demais servidores nas unidades escolares.

No município, as escolas particulares retornaram, em fevereiro, de forma híbrida, ou seja, com um quantitativo reduzdido de alunos em sala e o restante acompanhando online. Na última semana o Comitê Municipal de Gerenciamento de Retorno às Aulas Presenciais se reuniu e discutiu o retorno também na rede estadual.

Tanto pais, quanto professores estão divididos quanto ao retorno das aulas presenciais e o assunto causa discussão. Isis Moraes diz que os filhos não vão para as escolase, caso haja o retorno. Everton Roberto tem opinião diferente e diz que os filhos frequentariam as aulas presenciais em caso de volta.

Francisco Faustino Dias pontua que é totalmente contra aulas presenciais neste momento. “Algumas pessoas dizem que o povo não sai do rancho, de lugares cheios e sem prevenção, não respeitando o distanciamento, nem uso da máscara. Meus netos não frequentam esses ambientes então sou totalmente contrário a presença deles na sala de aula até porque não imunizaram os profissionais da educação, muito menos os alunos. Então, todos correm risco”, destaca.

Wagner Brito contrapõe e diz que entende posicionamento dos pais que não querem o retorno presencial e também tem medo de doença. “Mas temos que reagir e tentar viver normalmente, claro, se prevenindo. Se possível ficar mais em casa, mas as crianças estão ficando doentes  por não sairem de casa, os adultos estão saindo pra trabalhar, e as crianças só em casa, não tem psicológico que aguente”, diz.

O Comitê entendeu que se a Rede Estadual garantisse a segurança dos profissionais e de seus estudantes, seria interessante o retorno o mais rápido possível.

 A Secretaria Municipal de Educação não apresentou nova data de previsão para o retorno presencial, pois pretende preparar, de forma definitiva, as instituições para que a saúde de todos seja priorizada.

Acompanhe:

Deixe seu Comentário