Rádios On-line
OBSERVATÓRIO

Melhorar arrecadação sem criar imposto é bom? Para alguns, não

O que entender sobre o 6x5 que quase fez com que Paranaíba deixasse de melhorar sua arrecadação sem criar um novo imposto já no início do próximo ano

27 SET 2017 - 13h:32Por Redação

Para alguns, nesta semana, a Câmara dos vereadores e as redes sociais se dividiram em dois blocos: entendeu x não entendeu. Seria o voto do presidente do legislativo quase um “Golden Gol”, dando vitória ao bloco do ‘entendeu’? O placar apertado de 6 x 5 a favor de um projeto de lei de interesse do Executivo que atualiza a cobrança do ISS (Imposto Sobre Serviço) em operações com cartões de crédito, já existente mas que, anteriormente, o dinheiro era destinado às cidades de origem das operadores dos cartões, em geral Barueri (SP), fazendo com que a partir de agora esse dinheiro fique em Paranaíba, deixou muita gente pensativa. A pergunta que se faz é: qual a razão de opinar em redes sociais e/ou votar de forma contrária ao caráter de urgência de um projeto como este, que fará com que já nesse final e início do próximo ano Paranaíba tenha um incremento de 3,5 milhões de reais em sua receita, com transações feitas em nosso comércio, mas que a arrecadação do imposto dessas operações iria para outra cidade? A lógica nos leva a pensar das seguintes formas: não leram, não entenderam, ou - tomara que não seja essa opção - oposição por oposição. Fato é que Miziara e vereadores que votaram a favor leram e entenderam a “lição de casa”.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13