Definir Paranaíba como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8657
Preve Objetivo
TESTEMUNHAS

'Meu celular caiu na água', teria dito menor após acidente

Testemunhas contam que ao saírem do carro destruído adolescentes perguntaram por celulares e sapatos, não percebendo o corpo de Walter a poucos metros dos destroços

12 AGO 2017 - 14h:33Por Leonardo Guimarães

Após avançar o sinal vermelho e atingir a moto pilotada pelo entregador Walter Geraldo de Andrade (56), lançando o homem dentro do córrego fazendinha, causando morte instantânea, a menor de idade que dirigia o veículo Celta, de cor branca, que também caiu dentro córrego após arrancar uma árvore que ficava no local, ao sair do veículo procurou insistentemente pelo seu aparelho celular. É o que testemunhas que estavam no local no exato momento do acidente relataram ao JPNEWS.

“Cadê meu celular? Meu celular caiu na água!”, dizia a menor, com sinais de embriaguês, logo após sair do veículo destruído e com o corpo de Walter a poucos metros de distância, de acordo com vários relatos.

Ainda segundo essas testemunhas , outra passageira, também menor de idade, teria procurado pelos sapatos. “Cadê meu sapato?”, teria dito a outra garota ao conseguir sair do carro, e antes de ser levada do local por familiares.

De acordo com as testemunhas, todos os ocupantes foram levados do local por familiares antes da chegada da polícia. A informação foi confirmada pela Polícia Militar.

Tragédia

Um grave acidente na avenida Durval Rodrigues Lopes, esquina com avenida Coronel Gustavo, fez uma vítima fatal na noite desta sexta-feira (11) em Paranaíba (MS).

De acordo com informações, um veículo Celta, de cor branca, seguia em alta velocidade pela avenida Durval sentido rodoviária, quando teria avançado o sinal vermelho e atingido a moto pilotada por Walter Geraldo de Andrade (56), conhecido como “Waltinho”, que seguia pela Coronel Gustavo sentido bairro Santo Antônio.

Walter, que durante o dia trabalhava como churrasqueiro em um restaurante  e durante a noite trabalhava como entregador em uma lanchonete faleceu na hora, após ser lançado para dentro para dentro do córrego fazendinha com o impacto da batida. O carro também caiu dentro do corrégo, arrancando uma árvore que ficava às margens antes da queda. Os ocupantes do veículo não sofreram lesões graves.

Em conversa com o JPNEWS, testemunhas  afirmaram que a condutora do veículo era uma menor de idade, e que dentro do carro havia outros passageiros menores de idade, acompanhados de um maior, em visível estado de embriaguês.
Ainda segundo testemunhas, os autores do atropelamento foram levados do local por familiares antes da chegada da polícia.

Ainda de acordo com estes relatos, momentos antes de causarem o acidente, o mesmo veículo teria quase causado um acidente ao passar próximo a uma moto na região central da cidade, com  uma das portas semiaberta e em alta velocidade.
A moto que Walter pilotava ficou prensada em uma árvore às margens do córrego. O lanche que Valter entregaria ficou caído ao chão, junto aos destroços do seu capacete e um pé da botina que usava no momento do trabalho.

Testemunhas relatam que os adolescentes e os jovens estariam em uma festa antes de provocarem o acidente.  

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864