Definir Paranaíba como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8467
Preve Objetivo
DINHEIRO PúBLICO

Câmara de Aparecida do Taboado aprova 13º para vereadores

"Vou pegar, seja diária ou 13º salário eu quero", disse um dos vereadores que votou favorável ao projeto

12 DEZ 2017 - 10h:17Por Talita Matsushita

Oito vereadores de Aparecida do Taboado aprovaram na sessão realizada no último dia 4, em primeira votação, a aprovação do 13º salário para os legisladores. Apenas o vereador José Natan de Paula Dias (PSB) votou contra o projeto. Um dos vereadores pediu dispensa da leitura da pauta do dia e quando a votação do projeto teve início a transmissão da sessão, que ocorria via rádio Cultura FM 105,5 foi cortada, segundo José Natan.

José Natan disse que era com tristeza que subia na Tribuna para falar de um projeto que foi aprovado em primeiro turno estipulando o 13º para os vereadores, ele pediu desculpas à população. “O que aconteceu aqui é o maior absurdo que pode existir em uma política, pois criticam tudo e todos e faz isso aqui, pedindo a dispensa de leitura de todos os projetos, não estou com demagogia, mas peço desculpa à população e deixo minhas condolências a todos, pois a minha indignação é grande, e acredito que não estou sendo hipócrita e nem demagogo” disse.

Votaram a favor do projeto os vereadores Andrey Magno Menezes dos Reis (PSDB), Claudinei Paulo da Silva (SDD), Gilson Antonio de Barros (PMDB), Marcelo Ferreira Fagundes (DEM), Moysés Chama de Carvalho (PMDB), Ronaldo Neris de Jesus (PDT), Marcelo Ferreira Fagundes (DEM), Walteir José de Oliveira (PTB).

O vereador Claudinei disse não ter vergonha de falar a respeito do assunto e tão pouco tem vergonha de ser favorável ao benefício para a classe, que recebe salário de R$ 7.166.

“Não tenho vergonha nenhuma do que fiz e votei favorável. Demagogia é falar que estamos fazendo as coisas às escuras isso eu não aceito não”, terminou o líder do prefeito.

Outro vereador a favor é Ronaldo Neris, que durante seu discurso na tribuna disse que se o dinheiro for lícito ele quer, seja 13º ou seja diárias, pois segundo ele, quando ajuda alguns cidadãos ninguém o critica. “Se por acaso vier a pagar o 13º salário e o mesmo for lícito, todo dinheiro lícito eu quero, vou pegar e prestar contas, seja diária ou 13º salário, isso não é imoral e eu quero, porque quando o vereador ajuda algum cidadão ninguém crítica”, disse.

O vereador Andrey Reis destacou que nunca pegou algo que não fosse seu e é vereador todos os dias, não somente quanto tem sessão e se for de direito, receberá o salário extra. “O que o colega José Natan fez foi uma falta de respeito com os seus colegas vereadores”, finalizou.

A segunda votação do projeto está prevista para o dia 18 de dezembro, última sessão legislativa no ano de 2017. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
6864