Rádios On-line
SESSÃO EXTRAORDINÁRIA

Câmara vota hoje autorização para Prefeitura pegar empréstimo

Caso a aprovado, prefeitura poderá contrair empréstimo de R$ 35 mil junto à CEF

25 JUL 2019 - 08h:45Por Alex Santos

Vereadores votam hoje (25) em sessão extraordinária, marcada para começar às 9h no Plenário José Agi, o projeto que autoriza a prefeitura de Paranaíba contrair um empréstimo de R$ 35 milhões com a Caixa Econômica Federal. A sessão foi convocada pelo presidente da casa, Nelo José “Missionário Nelo” da Silva (PSDB), durante recesso parlamentar. O projeto apresentado em regime de urgência pelo prefeito Ronaldo Miziara, acabou não sendo votado durante sessão conturbada realizada no dia 15 de julho.

Os vereadores Ailson Antônio “Binga” de Freitas (PDT) e Carlos Renato “Corujinha” Garcia Rios (PR), além do vice-prefeito Elson Cesar “Cesinha” Garcia (PSB), criticaram duramente a atitude do prefeito Ronaldo Miziara de enviar um projeto em regime de urgência pedindo autorização para o Município contrair empréstimo. “Tem que ter fundamento e prioridade”, disse Binga; “Não podemos deixar um projeto de dívida impagável para o Município”, declarou Cesinha Leal; “O prefeito não tem credibilidade com o Governo do Estado. Está saturado”, observou Corujinha.

Já o vereador Cesar Moreth (DEM), se mostrou favorável pela aprovação do projeto na câmara. Segundo o vereador, o município ao adquirir o empréstimo terá dívidas, porém, será beneficiado. Além do município ser capaz de pagar, por ser um valor irrsório. “Vai ter dívida, sim! Mas tem a capacidade de pagar. É um valor muito irrisório!” declarou o vereador.

O vereador Paulo Borges “Bodinho” Beviláqua da Silva (PROS), questionado pela população se era a favor ou contra a aprovação do empréstimo de R$ 35 milhões, revelou não ser contrário, porém, como foi apresentado em caráter de urgência pela prefeitura, não votaria pela aprovação. Bodinho também revelou a articulação de colegas para que o projeto não passase para votação. “Respeito a posição de cada um, não sou contra o projeto! Tinha recebido ligações de vereadores e outras pessoas para não votar o requerimento”, revelou.

O presidente da Câmara Municipal de Paranaíba, vereador Nelo José “Missionário Nelo” da Silva (PSDB), durante discurso no plenário da câmara, no dia 15 de julho, disse ser “uma mixaria” o valor do projeto apresentado pela prefeitura em regime de urgência pedindo autorização para um empréstimo de R$ 35 milhões, por meio da Caixa Econômica Federal. “Uma ‘mixaria’ por mês. Não significa nada para o município”, falou.

JUSTIFICATIVA DA PREFEITURA 

Segundo a Prefeitura de Paranaíba, em nota à um veículo de imprensa da capital, a Caixa Econômica fez um estudo nas contas do município e concedeu o valor de mais de R$ 35 milhões, que vai ser liberado após apresentação de projetos. O valor de R$ 15,5 milhões deverá ser usado em obras de drenagem e pavimentação de ruas, além da área central. Outra parte será usada na compra de ônibus escolares, maquinários para Secretaria de Obras, além de outros projetos de infraestrutura.

A Prefeitura também diz que o pagamento do financiamento terá parcela de R$ 500 mil por mês, porém, este recurso não vai influênciar nas contas do município, pois com as obras e compras, irá diminuir despesas.

A economia de R$ 250 mil por mês com transporte escolar, R$ 180 mil com o aterro sanitário, recebendo em média R$ 50 mil com o tratamento do lixo de cidades vizinhas. Segundo a Prefeitura, justificou o aumento na arredação de R$ 200 mil com IPTU, devido a regularização de lotes.

A Prefeitura de Paranaíba também enfatiza que as manifestações tem “cunho político”.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13