Rádios On-line
8934
PARANAÍBA

PM encontra carro de suposto assasino de Jamil Balduíno

O veículo foi encaminhado pelos policiais militares à delegacia de Polícia Civil para as devidas providências

12 JAN 2018 - 10h:07Por Lucas dos Anjos

A Polícia Militar de Paranaíba (MS) encontrou nesta quarta-feira, por volta das 18h15, um veículo Fiat Strada branco. O carro estava abandonado na entrada do lixão municipal, na MS 497.

Segundo o boletim de ocorrência, os policiais militares foram informados por populares de que em uma estrada vicinal, nas proximidades da rodovia MS 497, havia um veículo abandonado em situação suspeita.

Os policiais militares constataram, através do Sistema Integrado de Gestão Operacional (Sigo), que havia uma ordem de apreensão do carro, pois possivelmente foi usado pelo suspeito de assassinar o ex-secretário de Finanças e Planejamento de Paranaíba, Jamil Balduíno Machado de 63 anos.

 O veículo foi encaminhado pelos militares à delegacia de Polícia Civil.

 

O caso

O ex-secretário de finanças de Paranaíba, Jamil Balduino Machado, foi assassinado na noite de domingo (17) com cinco tiros em sua residência, e uma mulher feita de refém e depois deixada em Cassilândia.

Jamil Balduíno Machado, de 63 anos, ex-secretário de Finanças de município, foi morto a tiros na noite de domingo (17), por volta das 22h45, em sua casa em Paranaíba (MS). O fato ocorreu na rua Marechal Deodoro da Fonseca, Centro. Um dos filhos de Jamil encontrou o pai baleado.

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por um dos filhos de Jamil, que foi até ao Batalhão suspeitando que algo pudesse ter acontecido com seu pai, pois ele não atendia o telefone celular.

No local os policiais encontraram outro filho de Jamil, que já havia entrado na casa e disse que o pai precisava de socorro. O Corpo de Bombeiros já havia sido acionado pelo filho da vítima que estava no local. Jamil estava caído de bruços, ainda havia alguns projéteis deflagrados e outros intactos próximo ao corpo.

De acordo com o registro da Polícia, os filhos disseram que uma mulher estaria com o pai, porém ela não foi encontrada. Os policiais civis foram acionados, bem como a perícia técnica.

Jamil era funcionário público aposentado e ex-secretário de Finanças da Prefeitura Municipal de Paranaíba.

Informações iniciais apontam que o autor do crime seria o ex-marido de uma mulher que estaria junto com Jamil na hora do assassinato. O autor teria invadido a casa e atirado contra Jamil e feito a ex-mulher de refém, a segunda vítima foi deixada na cidade de Cassilândia onde está hospitalizada devido a um hematoma na cabeça.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13