Rádios On-line
9256
DEMORA

Casos de feminicídio esperam por julgamento

Três crimes ocorridos em Paranaíba, entre dezembro de 2016 e julho de 2017, estão parados na Justiça

10 MAR 2019 - 09h:31Por Talita Matsushita

Os últimos três casos de feminicídio ocorridos em Paranaíba, entre dezembro de 2016 e julho de 2017, estão parados na Justiça, esperando julgamento. Os três autores estão presos e a demora ocorre devido aos recursos que os réus utilizam para postergar os julgamentos.

“Tem um caso que já voltou do Tribunal [de Justiça] e acredito que não demore muito para ser julgado”, disse Eva Maira Cogo, delegada titular  da Delegacia de Atendimento a Mulher. 

A delegada ressalta que os casos tinham em comum o fato de nenhuma das vítimas terem registrado boletim de ocorrência anteriormente a data do crime. Danieli Miranda foi morta a facadas pelo marido Marcílio Rocha, em julho de 2017, dentro da casa da família. O agressor foi preso. 

“Há casos de mulheres que não identificam um empurrão ou puxão de cabelo como agressão, mas estão num ciclo de violência, com fases de tensão e de mudanças de comportamentos”, observou. 

Para a delegada, a Lei Maria da Penha protege vítimas de violência, porém toda rede de proteção deve funcionar. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13