Rádios On-line
PRECARIEDADE

Chuvas pioram situação de ruas de terra e asfaltadas

Paranaibenses reclamam há pelo menos dez anos de problemas causados por chuvas

9 DEZ 2017 - 08h:20Por Talita Matsushita e Lucas dos Anjos

As chuvas dos últimos dias revelaram, mais uma vez, problemas conhecidos há bastante tempo em Paranaíba. A falta de drenagem para captação de águas pluviais causa alagamentos em diversos bairros e no centro. Ruas ficam esburacadas até mesmo onde há asfalto.

Moradores da avenida Durval Rodrigues Lopes, no bairro Santa Eliza, reclamam  de alagamentos há pelo menos dez anos. O córrego Fazendinha, que passa pelo prolongamento da avenida, não suporta a vazão da água e ocorre o transbordamento.

A avenida Major Francisco Faustino Dias, que também recebe grande volume de água, recebe enxurrada do bairro São José e deságua na  para a Praça do Carnaíba, que acaba ficando inundada. O cruzamento das ruas Maria Antônia e Comendador Garcia, na área central, também é outro ponto problemático, com a chegada de água que desce do Jardim Imperial. 

Os buracos também tirado o sossego dos moradores do bairro Daniel 5, onde não há asfalto. Quando chove a situação piora. Um buraco impede o trânsito na rua Manoel Salustiano da Rocha. Na rua Francisco Freitas Silveira, conhecida como rua da Dona Nena, no bairro Santo Antônio, há asfalto, porém, buracos se multiplicam. 

MÃO NA MASSA

Cansados de esperar POR uma solução da prefeitura para buracos, ondulações e valetas abertas por chuvas, comerciantes da avenida Antonio Garcia de Freitas usaram cimento para tentar aliviar os problemas de trânsito. O custo de compra do material foi dividido entre donos de lojas e estabelecimentos comerciais da avenida. 

Segundo o secretário de Obras, Urbanismo e Infraestrutura, Tulio Neles Brinck Botellho, a prefeitura prepara o início de uma operação de recuperação do asfalto, mas enfrenta problemas com falhas em uma licitação pública para compra de materiais. Segundo o secretário, equipes de trabalho foram enviadas para os pontos mais críticos da cidade, principalmente a bairros onde ruas não asfaltadas.

Deixe seu Comentário