Definir Paranaíba como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
7982
COOPAR
CONSCIENTIZAÇÃO

Detentos recebem orientações sobre câncer de próstata

O urologista abordou quais exames necessários para detecção e a importância do diagnóstico precoce

6 MAR 2018 - 15h:56Por Da redação

Reeducandos do Estabelecimento Penal de Paranaíba (EPPar) participaram, na semana passada, de palestras sobre o câncer de próstata, oferecidas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), em parceria com a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). A iniciativa teve como objetivo conscientizar sobre a importância da prevenção à doença.

Realizada através das Divisões de Saúde e Educação da Agepen, a palestra foi ministrada pelo médico urologista Nelson Trad Filho. Durante a apresentação, o especialista explanou sobre o que é a glândula masculina chamada próstata, como ela funciona e a quais problemas está sujeita, como a prostatite – uma inflamação causada devido à infecção por germes, e o temido câncer.  

O urologista abordou quais exames necessários para detecção e a importância do diagnóstico precoce. “Pode acontecer em qualquer idade, mas, se o homem tem mais de 40 anos, mesmo que não sinta nada, deve procurar um médico para fazer a prevenção”, ressaltou.

De acordo com Trad, a realização de exames, com regularidade anual, está relacionada à diminuição de 21% na mortalidade pela doença. “Quanto antes tratar, mais sucesso na cura”, disse aos servidores, que ouviram atentos às explanações.

O médico falou, ainda, sobre as formas de tratamento e explicou que, conforme as características do paciente, o médico poderá definir quais as melhores formas de tratamento. “Nos estágios iniciais da doença, tumores localizados e localmente avançados, a cirurgia de retirada da próstata é o tratamento padrão, apresentando altos índices de cura”, informou.

Sobre a importância desse tipo de palestra nos presídios, o especialista afirmou que é uma parceria muito importante entre a Agepen e Secretaria de Estado de Saúde, de acordo com ele, as pessoas do sexo masculino precisam despertar para a necessidade de cuidar da saúde. “O benefício não é só para os encarcerados, mas também para os funcionários das unidades penais ”, finalizou.

Segundo os diretores do EPPar André Aparecido França a palestra é uma forma de ampliar as ações de atenção à saúde do homem em situação de prisão, que, conforme os dirigentes, recebem acompanhamento médico e de enfermagem regulares.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7201