Rádios On-line
9195
CBN AÇÃO 2019 PAULO VICENTE
RECUPERAÇÃO

'Ele voltará a andar', dizem médicos a familiares de Robson

Recuperando a memória aos poucos, jovem conseguiu se lembrar de senha do celular

20 OUT 2019 - 14h:19Por Talita Matsushita e Leonardo Guimarães

O motociclista Robson Maldonado segue em boa recuperação após o acidente sofrido na tarde domingo, 8 de setembro de 2019, no cruzamento das avenidas Durval Rodrigues Lopes e Coronal Gustavo Rodrigues da Silva, em Paranaíba (MS). De acordo com informações obtidas pela redação do JPNEWS, ele estaria retomando gradativamente a memória e foi informado pelos médicos de que voltará a andar. O motociclista passou por intervenções cirúrgicas nas pernas, pé e dedos. O jovem teve o fêmur quebrado com o impacto da colisão, além de fraturas nos ombros e braços. Robson também sofreu traumatismo craniano.

Familiares informaram que o rapaz não se lembra do ocorrido no momento do acidente, apenas se diz recordar de ter “batido em alguma coisa” enquanto pilotava a moto. “Ele está confiante”, afirmaram.

Ainda de acordo com familiares, Robson teria se recordado da combinação desenho-numérica que forma a senha de segurança de seu aparelho celular. Fato que chamou a atenção positivamente. Advogados estariam estudando o caso e buscando informações de quais seriam as circunstâncias do acidente.

O caso

Um motociclista sofreu traumatismo craniano após colisão no cruzamento das avenidas Durval Rodrigues Lopes, com a avenida Coronel Gustavo Rodrigues da Silva, em Paranaíba (MS). O acidente acorreu na noite de domingo, 8 de setembro de 2019, por volta das 19h45m.

O motociclista, Robson Maldonado, entrou em colisão com uma viatura da Força Tática Polícia Militar que teria avançado o sinal vermelho durante atendimento de uma ocorrência. Robson conduzia uma motocicleta Honda Biz. Por conta da gravidade dos ferimentos, o jovem foi transferido para um hospital da capital do Estado, Campo Grande.

Conforme a família, ele sofreu fraturas no braço, ombro, mão e cotovelo, e uma delas foi fratura exposta. Fraturou ainda o fêmur (perna), pé e coluna. Foi encontrado também um coágulo na cabeça da vítima. Robson sofreu traumatismo craniano.

Polícia Militar

De acordo com informações da Polícia Militar, a viatura se deslocava para o atendimento de uma ocorrência de tráfico de drogas e seguia pela avenida Durval, quando no cruzamento com a avenida Coronel Gustavo Rodrigues da Silva, o motociclista não percebeu que a viatura estava com os sinais sonoros e luminosos ligados, não dando preferência e vindo a colidir na lateral do carro oficial.

Segundo o tenente Maia, do 13º Batalhão e que estava na operação, outros dois carros que haviam percebido a aproximação do veículo da PM pararam e deram preferência, como prevê o Código de Trânsito Brasileiro. Já a moto, pilotada por Robson, passou direto, o que acabou ocasionando o acidente. Segundo o CTB (Código Brasileiro de Trânsito), veículos de emergência tem prioridade no trânsito, quando acionados sinais luminosos e sonoros que alertam para situação emergencial.

“Na noite de ontem [domingo] a guarnição de Força Tática havia flagrado um homem de 25 anos com 34 trouxinhas de cocaína e tivemos a informação de que haveria mais drogas em outro local. Tendo em vista a rapidez em não deixar outras pessoas saberem da prisão desse indivíduo e destruírem estas provas, a Polícia seguia com o rapaz para este outro local, quando ocorreu o fato”, contou o tenente.

Ainda de acordo com o tenente, os policiais militares prestaram os primeiros socorros à vitima até a chegada do Corpo de Bombeiros, além disso, a Perícia foi acionada e apura os detalhes da ocorrência.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13