Definir Paranaíba como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8658
Preve Objetivo
PERIGO

Falta de proteção em córrego preocupa moradores após queda de 5 veículos

O Conselho Municipal de Trânsito elabora um projeto com base em estudos estatísticos para implantar sistema de segurança

2 OUT 2017 - 09h:46Por Talita Matsushita

A falta de proteção no córrego Fazendinha tem preocupado motoristas após a queda de 5 veículos no local. O Córrego, no caso, está longe de ser o grande vilão desta história.

Sem nenhuma segurança ao longo de todo o percurso, ele corta de Norte a Sul a avenida Durval Rodrigues Lopes e é usado para dividir a área central e o bairro Santo Antônio, em Paranaíba. Em seu leito, já foram encontrados diversas espécies de animais e a incidência de cobras é constante. Mas o que tem preocupado a população atualmente é o aumento no número de veículos que acabam caindo dentro do curso d´água devido aos acidentes de trânsito registrados ao longo do córrego na área urbana do município. 

Sem oferecer nenhuma proteção, os casos preocupam também o Corpo de Bombeiros, que atende a maioria das ocorrências. “Temos estatísticas que mostram que a avenida Durval Rodrigues Lopes tem um índice bastante acentuado de veículos que chegam a cair no córrego. Neste ano foram mais de cinco acidentes que fizeram com que as vítimas fossem parar lá dentro”, ressaltou o tenente do Corpo de Bombeiros, Maxwelbe de Moura Fé.

Ele destacou ainda que quando ocorre esse tipo de acidente há grande mobilização das equipes da corporação para resgatar as vítimas e ainda retirar o veículo do córrego, que tem altura de 5,5 metros. Para o tenente, a prudência dos motoristas é primordial, o que não estaria ocorrendo na avenida Durval Rodrigues Lopes, onde o condutor deve diminuir a velocidade, ter atenção nos cruzamentos, principalmente os que não têm semáforos. “Esta avenida não possui as barras de proteção”, observou.

O Conselho Municipal de Trânsito elabora um projeto, com base em estudos estatísticos, para colocar barras de ferro, como forma de proteção, nos pontos mais críticos na Avenida Durval Rodrigues Lopes. Neste mês dois veículos caíram no Córrego Fazendinha, sendo que o primeiro ocorreu após o motorista esquecer o carro desengatado quando fazia teste drive em uma garagem que fica em frente ao córrego. O segundo foi quando dois automóveis bateram em um cruzamento e um deles caiu no córrego. A condutora sofreu apenas ferimentos leves. 

Em agosto, Walter Geraldo de Andrade, de 60 anos de idade, conhecido como “Waltinho”, morreu ao ser atingido por um veículo em alta velocidade em um cruzamento da avenida. Walter trabalhava como entregador em uma lanchonete e faleceu na hora após ser arremessado para dentro do Fazendinha.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864