Rádios On-line
7920
COOPAR
SOLIDARIEDADE

Família faz campanha para custear transplante de rim de adolescente

O custo do transplante é de no mínimo R$ 35 mil, e para pagar as despesas, a família vende uma rifa de uma corrente de ouro, no valor de R$ 10 cada cupom

2 FEV 2018 - 09h:39Por Lucas dos Anjos

A família da jovem Raiane Silva de Moraes, de 17 anos, estudante do curso técnico de enfermagem, está fazendo uma campanha para custear o transplante de seu rim. A jovem possui apenas um rim em funcionamento e é este órgão, que funciona apenas 12%, que precisa ser transplantado.

O custo do transplante é de no mínimo R$ 35 mil e para pagar as despesas a família vende uma rifa de uma corrente de ouro, no valor de R$ 10 cada cupom. Raiane ainda não sabe quanto seria os custos desse transplante e de onde viria esse rim, pois está na fila de espera no SUS (Sistema Único de Saúde) e pode levar anos para que apareça um rim compatível com o dela.

“Meu filho tem a mesma tipagem sanguínea que ela e já disse que se der certo ele vai doar o rim para irmã”, explica a mãe da jovem Maria Rosa da Silva, 39 anos.

Dia 21 a família vai a São Paulo (SP) falar com o médico especialista que acompanha o caso da jovem e provavelmente já terá uma posição sobre como será feito o transplante e os valores, mas segundo a mãe os custos podem ser a partir de R$35 mil.

Aos oito meses de idade a estudante teve uma infecção, mas não foi descoberta as causas e por conta disso aos cinco anos Raiane perdeu o rim direito devido a infecção nefrológica. Desde então ela estava fazendo tratamento com remédios para manter o rim esquerdo funcionando.

Há quatro meses a jovem não se sentiu bem e ao ser consultada pelo médico foi informada que seu rim esquerdo havia paralisado e para que ele voltasse as funções seria necessário realizar hemodiálise constantemente.

Segundo Raiane, no primeiro momento foi um choque, pois teve que parar os estudos e sua rotina sofreu alterações, mas logo ela acostumou e passou a se dar bem com o tratamento. “Eu encaro tudo isso com muito sorriso, porque eu sei que vou continuar viva. Chorar não vai adiantar nada e eu tenho certeza que Deus está comigo”, contou a jovem.

A jovem passou a fazer cerca de quatro horas de hemodiálise no Inepar (Instituto de Nefrologia de Paranaíba), às segundas, quartas e sextas-feiras.

Maria Rosa disse que não aguentava mais ver a situação como estava e resolveu agir para ajudar a filha. “Eu não sabia mais o que fazer, peguei minha corrente de ouro e resolvi fazer uma rifa e com isso acabou aparecendo um monte de pessoas para ajudar, gente ligando, vindo em casa”, disse.

Raiane conta que é com muita alegria que encara a adesão dos paranaibenses a campanha para ajudar na sua cirurgia. “Não é pelo dinheiro, mas pelo carinho, isso me deixa muito feliz e me dá forças para continuar lutando”, finalizou.

Os interessados em ajudar a jovem pode entrar em contato nos telefones (67) 9 9966-2083 e 9 9906-0099, ou visitá-la em sua residência na rua Luiz Farinha, nº 665, bairro Industrial de Lourdes. 

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300