Rádios On-line
POLÍTICA

Governador anuncia recapeamento e ponte de concreto em Paranaíba

O governador afirmou durante sua visita que busca alternativas para o pagamento do 13º salário dos servidores

19 SET 2017 - 14h:13Por Talita Matsushita

O governador Reinaldo Azambuja deu início a sua agenda desta terça-feira em Paranaíba (MS), o chefe do executivo anunciou R$ 4 milhões em recapeamento de recursos próprios e também a licitação para construção da ponte de concreto da BR-483, conhecida como “Ponte do Guilhermão”, que liga MS ao estado de Goiás. Reinaldo também participou da inauguração da Latasa Reciclagem.

Durante sua visita, Reinaldo recebeu um ofício assinado pelos vereadores pedindo que o governador ajude em melhorias na BR-158, desde a adição da terceira faixa ou mesmo a duplicação da rodovia. Além disso, agentes de saúde cobraram o pagamento de um benefício por bom desempenho, que acumulava cerca de R$ 2 milhões em atraso.

O governador anunciou o pagamento desta benefício através da liberação de uma verba federal e disse que na próxima semana o atraso será quitado, através de repasse para a Prefeitura. Já o problema da rodovia, Reinaldo destacou que irá se empenhar para que no mínimo seja feita a terceira faixa.

 “O Dnit [Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte] já tinha dito para nós na semana passada que havendo a possibilidade de um crédito suplementar financeiro faria a melhoria e conseguindo isso poderia ampliar esse atendimento, vamos cobrar mais. É necessário criar a terceira faixa na BR-158, principalmente para diminuir os acidentes e terá total apoio nosso para buscar melhoras, embora seja uma rodovia federal”, disse.

Reinaldo foi questionado com relação ao pagamento do 13° salário do funcionalismo do Estado, e segundo ele ainda não tem dinheiro em caixa para o benefício. O governo disse estar em busca de alternativas devido as perdas de receita, principalmente com a importação do gás boliviano.

“Aumentamos nosso déficit previdenciário e isso tirou as reservas que o Governo tinha, mas estamos em busca de alternativas para que chegue dezembro e tenhamos estabilidade de quitar esse recebimento dos servidores de Mato Grosso do Sul”   

Reinaldo ainda destacou que está focado na questão administrativa e gestão e por isso não está pensando em reeleição e este assunto será pautado após o Carnaval de 2018 quando vai começar a discutir com as lideranças as eleições do ano que vem. “Está muito cedo, nem sabemos as regras e temos muito que trabalhar antes de pensar em qualquer disputa eleitoral”, disse.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13