Rádios On-line
EDUCAÇÃO INFANTIL

Jornada de 8 horas de trabalho em Ceinfs causa polêmica

Sindicato realiza assembleia com representantes do município

19 FEV 2016 - 17h:56Por Roberto Chamorro

A jornada de 8 horas de trabalho nos Centros de Educação Infantil de Paranaíba está causando revolta junto aos servidores que cuidam das crianças, uma vez que estavam acostumados à jornada de seis horas. Ontem, durante assembleia extraordinária na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Paranaíba (Sindispar) houve uma primeira rodada de negociação com a presença de aproximadamente 100 pessoas.

Diversos relatos de servidoras do município apontavam as razões para a manutenção das seis horas. As servidoras mostraram as dificuldades para o cuidado de crianças e com o vácuo de duas horas, no novo regime, na hora do almoço, muitas crianças acabam sob cuidados de poucas funcionárias. Os seis Ceinfs, sob responsabilidade de Prefeitura, atendem aproximadamente mil crianças, de zero a cinco anos.

    A procuradora municipal Taiz Xavier justificou que o município está amparado pela lei para cobrar o cumprimento da jornada de oito horas. A Secretária de Educação do município, Maria Eugênia, pediu um tempo para levar a reivindicação ao prefeito Diogo Tita.

 A assessora jurídica do sindicato, Dra. Daniela Peres Carósio, apresentou um termo de suscitação de dúvidas, questionando a efetividade da medida adotada pelo Poder Executivo. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Antônio Marcos, lembra que a medida já foi tentada por administrações anteriores e espera que na próxima semana haja uma proposta por parte da municipalidade.

Deixe seu Comentário