Rádios On-line
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Mais de 100 mulheres pediram medida protetiva no ano passado

A fiscalização fica a cargo da Polícia Militar que desenvolve o Promuse

20 JAN 2020 - 14h:11Por Talita Matsushita

Em Paranaíba no ano de 2019 um total de 118 mulheres vítimas de violência doméstica tiveram medida protetiva. A fiscalização fica a cargo da Polícia Militar que desenvolve o Promuse (Programa Mulher Segura), que fiscaliza o cumprimento das medidas.

De acordo com a sargento Eliene Mariano, responsável pelo Promuse em Paranaíba, 80% dos atendimentos são relacionados a fiscalização de medidas protetivas, porém os outros casos são de averiguação de situações que envolvam violência doméstica.  “Quando a vitatura vai atender uma ocorrência que envolve violência doméstica essa mulher já é orientada que os dados dela serão repassado para o Promuse, para fazer a averiguação posterior”, destacou.

Em alguns casos, a mulher não aceita que ela é vítima de violência doméstica, e acredita que toda situação é normal dentro do que ela é acostumada a viver. Nestes casos, a policial também faz orientações para esta mulher sobre os vários tipos de violência.

Dentro deste contexto, a policial disse que a maioria dos casos as mulheres conseguem enxergar a gravidade da situação, mas em alguns casos, mesmo com a ajuda de psicólogo, entre outros profissionais, esta mulher não sai do ciclo de agressões.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13