Rádios On-line
8930
LEMBRANÇA

Missa de sétimo dia em homenagem a empresária será na sexta

Maria Rios Alves que tinha 70 anos de idade e morreu no sábado após um infarto agudo

8 JAN 2019 - 08h:44Por Lucas dos Anjos

A missa de sétimo dia em homenagem a empresária Maria Aparecida Rios Alves da Silva, que tinha 70 anos de idade e morreu no último sábado (5) após um infarto agudo, será nesta sexta-feira (11), na Igreja Matriz de Paranaíba. A missa iniciará às 18h. Maria é natural de Jataí (GO) e era casada há mais de 45 anos com Leodonio Alves da Silva. 

Ela chegou ainda criança em Paranaíba, onde constituiu família e teve duas filhas. O casal foi fundador da Livraria Rios e esteve à frente do negócio por mais de 35 anos.

Para a filha Renata Cristina Rios Silva Malheiros do Amaral, a dor é insuportável, porém, o que fica foram os bons momentos. “Nunca pensei que pudesse existir uma dor tão profunda, eu que sempre tive os pés firmes no chão, senti o chão fugir dos meus pés. Ficam os ensinamentos, os bons momentos vividos, a eterna gratidão por ter me ajudado a criar minha filha e a certeza de que ela está nos braços da minha avó Benícia”, contou ela. 

Maria Rios, como era conhecida, formou-se em pedagogia e trabalhou por muitos anos como bancária, além de ser atuante em projetos sociais, como “Fraternidade Feminina da Maçonaria Recanto Hospitaleiro nº 11”. 
Sempre muito batalhadora, Maria ajudou  a fundar a Casa da Criança e ocupou o cargo de presidente. A instituição segue atendendo crianças carentes até os dias atuais.

“Hoje me consolo em saber que ela, com toda certeza, já esta em um bom lugar, pois eu conhecia o coração dela e sei que Deus conhecia muito mais. Vou guardar em meu coração tudo que ela me ensinou, que na verdade é tudo que eu sou”, disse a filha Marcela Cristina Rios Silva.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13