Rádios On-line
LEI

Miziara articula segundo reajuste do próprio salário

Projeto prevê reajuste aos servidores em duas partes: 2,94% com base no IPCA

27 JAN 2018 - 07h:49Por Leonardo Guimarães, Lucas dos Anjos e Otávio Neto

O prefeito de Paranaíba, Ronaldo José "Miziara" de Lima (PSDB), poderá ter mais um reajuste salarial em menos de um ano. Agora de 5% sobre os R$ 23,4 mil atuais, por meio de um aumento proposto por ele ao funcionalismo, em um projeto que será enviado à Câmara nos próximos dias. A legislação municipal define um "efeito cascata" nos salários de agentes políticos e assessores diretos do prefeito, além dele, e do vice, sempre que houver reajuste ao funcionalismo.

O projeto prevê reajuste aos servidores em duas partes: 2,94% com base no IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) e 2,06% como aumento real. 

Os vereadores retornam do recesso parlamentar no próximo dia 5 de fevereiro, quando deverão receber o projeto para análise e votação. Não há data definida para ida da matéria para votação em plenário.
Os salários de Miziara e do vice César Leal (PSC) subiram 30,17%, em 2016, após aprovação pela Câmara, com alteração do projeto original, que previa aumento de 37%. A repercussão negativa da matéria entre moradores provocou a redução. 

Mesmo com o reajuste acoplado a perdas salariais, média de ganho de servidores do município é de R$ 954. O novo reajuste foi anunciado pelo prefeito, nesta semana, durante a posse de 57 servidores aprovados num concurso realizado em 2015. 

Se o projeto for aprovado pela Câmara, Miziara receberá R$ 24.591 por mês.

Deixe seu Comentário