Rádios On-line
8935
RISCO

Animais peçonhentos em terreno sujo preocupa mães do Centro

Segundo as mulheres, já apareceram cobras, escorpiões, aranhas e caranqueijo

14 MAR 2018 - 14h:32Por Lucas dos Anjos

Duas moradoras da rua Barão do Rio Branco, no Centro de Paranaíba (MS) reclamaram a redação do JPNEWS que tem aparecido com grande incidência animais peçonhentos em suas residências. De acordo com uma dona-de-casa, que preferiu não ser identificada, o fato é recorrente e sempre aparece escorpiões dentro de sua residência.

“É todo dia, sempre aparece aqui dentro de casa, nos ralos do banheiro. Eu até já acostumei porque são uns três no mínimo todo dia”, contou.

Ela relata ainda que possui alguns gatos e teme que os animais piquem seus pets. “É um desespero todo dia, porque o veterinário já falou que se picar não tem o que fazer”, desabafou a mulher.

Já uma estudante de 20 anos que mora na frente do terreno que está abandonado, contou que há cerca de dois meses encontram uma cobra na calçada de sua residência, além de outra na sala da casa. “A gente já não sabe mais o que fazer, porque eu tenho um bebê de seis meses e esses bichos não param de aparecer aqui. Cobra? Isso é um absurdo”, indaga a jovem.

“Um dia eu cheguei da universidade tinha um caranguejo no muro de casa. Isso preocupa a gente, porque se meu filho for picado por um escorpião ele pode até morrer”, disse.

Elas entraram em contato com o Departamento de Controle de Vetores que esteve no local e capturou em menos de cinco minutos cerca de dez escorpiões.

O funcionário do órgão explicou que elas deveriam passar creolina no muro para evitar que os bichos passem para da residência e indicou que entrassem em contato com o proprietário do terreno para solicitar a limpeza.

Segundo elas o homem já capinou o terreno, mas isso não resolve, pois a área é grande e há vários blocos amontoados e telhas, além de madeira e uma casinha abandonada.

“Nós falamos com ele várias vezes, mas só capinar não resolver pra gente, porque os bichos ficam nas coisas amontoadas que tem lá dentro”, explicou a jovem.

A chefe do Departamento de Controle de Vetores, Ymara Lucia Zanin Palchetti disse por telefone que a divisão irá notificar o proprietário, além de estudar junto a Secretária de Saúde uma sanção para ele e ainda denunciá-lo na Vigilância Ambiental.

“Nós estivemos no local, mas não mexemos muito para não desalojar os escorpiões o que ofereceria risco para os moradores do local”, explicou Ymara.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13