Rádios On-line
OCORRÊNCIA

Mulher discute com médica durante atendimento na Santa Casa

A paciente precisou ser controlada por enfermeiros que estavam no local

29 NOV 2020 - 10h:45Por Talita Matsushita

Uma mulher de 27 anos e uma médica de 49 anos discutiram durante atendimento na Santa Casa de Paranaíba no último sábado, por volta das 20h10. A paciente precisou ser controlada por enfermeiros que estavam no local e segundo a PM, estava agressiva quando policiais chegaram até o Pronto Socorro.

Conforme boletim de ocorrência, a paciente, que disse ser depressiva, contou aos policiais que estava em casa na companhia de uma amiga, e pegou uma faca de cozinha perfurando o próprio braço. Após se auto lesionar foi até o hospital para cuidados médicos, sendo que a médica que a atendeu informou a paciente que seria necessário aplicar uma anestesia no local do ferimento, e ela disse não aceitar e deixou o hospital, sem discussão.

Ainda conforme registro policial, após deixar o hospital ela foi até a casa de seu irmão que reside ali próximo, este por sua vez, orientou sua irmã a voltar ao hospital, a mesma médica a atendeu e durante o procedimento de anestesia a paciente colocou a mão próximo ao ferimento, e a médica pediu para a paciente que retirasse a mão.

A mulher ficou nervosa e respondeu à médica que não iria tirar a mão. “Vai falar assim com sua filha", teria dito a paciete. A médica teria respondido: “Ainda bem que você não é minha filha".

A paciente então teria ofendido a médica e em seguida foram separadas e acionada a Polícia Militar. Segundo a PM, na Delegacia a paciente se mostrava bastante agressiva, fazendo ameaças e dizendo que vai voltar ao hospital.

Consta na ocorrência que a paciente relatou que não fez uso de qualquer substância como cerveja ou drogas e que estava em sã consciência de seus atos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13