Rádios On-line
AEDES AEGYPTI

Município registra 432 casos positivos de dengue

Paranaíba segue na lista das cidades de MS, com alta incidência da doença

6 JUL 2020 - 17h:02Por Alex Santos

Além do novo Coronavírus, uma das doenças que têm preocupado as autoridades de Saúde de Paranaíba é a dengue. Só na última atualização da vigilância epidemiológica do município, 1350 notificações foram registradas. O total de casos positivos de contaminações pelo vírus transmitido pelo mosquito Aedes Aegeyti chegou a 432.

Paranaíba segue na lista vermelha e configura como o 27º município do Estado com maior incidência da dengue por 100 mil habitantes, com 3.188,8. O município já registrou um óbito por dengue hemorrágica.

Mato Grosso do Sul segue como o segundo Estado do parís com maior incidência de casos da dengue, 64.480. Quanto mais alta é a posição, maior é a incidência. Conforme a Secretaria Estadual de Saúde, de 39 óbitos por Dengue registrados em 2020, 24 apresentavam comorbidades.

Segundo Lúcio Antônio de Freitas, coordenador do Centro de Controle de Vetores de Paranaíba, com o período de temperaturas baixas é menor o ciclo de reprodução do mosquito, consequentemente facilita o combate ao foco, porém, mesmo com o frio o mosquito se prolifera, além de ser preciso manter os cuidados e eliminar possíveis criadouros.  

“Temos menos mosquitos em circulação, mas, não quer dizer que o Aedes Aegypti não se prolifera. Precisamos manter os cuidados, eliminando os possíveis criadouros”, disse.

Ainda de acordo com Lúcio, o bloqueio químico é realizado a partir das notificações de pacientes que procuram unidades de saúde do município, com suspeita de dengue.

“Essa notificação é repassada para nós, até o sétimo dia do primeiro sintoma realizamos o bloqueio nos quarteirões relativos as notificações”, destacou.

Ouça a entrevista abaixo:

jpnews · Lúcio Antônio de Freitas, coordenador do Centro de Controle de Vetores de Paranaíba

Deixe seu Comentário

Mailson Interna RCN

TVC Canal 13