Rádios On-line
VIDA DE GADO

Nos fizeram crer que Paranaíba sempre será atrasada

Tatuaram em nosso subconsciente que somos algo como "primo pobre" de Rio Preto

13 MAR 2020 - 17h:13Por Redação

Políticas unilaterais, políticos coronéis e oligarquias nos jogaram na vala da mediocridade e no calabouço do atraso. Como consequência, hoje, rimos de nós mesmos ao sonharmos com um futuro urbano saudável. O que é surreal para nós, paranaibenses pensarmos ter em nossa cidade, nada mais é que a antiga realidade de outros lugares.

Aceitamos passivamente uma única operadora de telefonia fixa e internet - rimos quando nos perguntaram em outros lugares se aqui tinha TV a Cabo e há pouco tempo não temos só uma operadora de telefonia móvel; admitimos a inexistência de um teatro, um cinema; não questionamos a falta de um SEBRAE, SENAI, SENAC, SESC, SESI. Nosso Parque Industrial é sustentado por poucos bravos empreendedores – que parque?

“Paranaíba tem universidade estadual e federal.” Considerar isso como o suprassumo da evolução é como aquela mulher que apanha do marido, mas afirma que “ele ao menos coloca comida em casa”. E assim, como essa mulher que apanha, nós, eleitores, apanhamos e continuamos a eleger os mesmos nomes ou grupos eleição pós eleição em troca de tijolo, frete, churrasco, jogos de camisas, "furo de fila" em hospital, pagamento de conta de energia...

É triste pensar que nos fizeram acreditar que coisas simples como Burger King, McDonald’s, Subway, iFood e Cinemark, por exemplo, são coisas de “gente chique de Rio Preto ou da capital”, inalcançáveis por aqui. O pior é que acreditamos. Duvido se você não daria uma boa risada e chamaria de louco algum candidato que dissesse: “Eu sonho com um grande shopping em Paranaíba”. Nós acreditamos que nossa cidade não nasceu para isso. Tatuaram em nosso subconsciente que somos algo como "primo pobre" de São José do Rio Preto (SP).

Até quando seremos gado assistindo o progresso dos filhos dos donos de gado?

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13