Rádios On-line
7926
ELEIÇÕES 2018

Odilon de Oliveira diz que alianças partidárias estão adiantadas

O pré-candidato ainda frisou que sendo eleito vai trabalhar e honrar, fazer parcerias com municípios e dar dignidade às pessoas

13 JUL 2018 - 15h:11Por Talita Matsushita

O pré-candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul, Odilon de Oliveira (PDT), disse em entrevista por telefone na rádio Cultura FM 106,3MHz, no Jornal do Povo, que as alianças políticas para as eleições deste ano estão adiantadas. Até o momento a única aliança divulgada foi com o Podemos, que tem Chico Maia como pré-candidato ao senado, porém há ainda conversa com mais dois partidos.

As alianças, conforme Odilon, estão sendo tratadas com o ex-presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, João Leite Schimidt e até a convenção, que será realizada em 21 de julho, já estará definido. 

“Não estou autorizado a revelar o nome dos partidos e nem das pessoas que são expoentes nestes partidos. Na convenção será anunciado o vice”, disse.

Odilon disse que segurança pública é prioridade, porém educação também, além de desenvolvimento econômico. “Segurança pública se faz com delegacias e policiais, porém com educação e saúde também. O Brasil não tem segurança pública e Mato Grosso do Sul pertence ao Brasil”, disse.

O ex-juiz disse que seu nome tem sido bem recebido, e como seu nome é nacionalmente conhecido pelo combate ao tráfico, porém como político ele é iniciante. “A proporção que eu me tornar mais conhecido como político eu vou me distanciar no primeiro lugar dos outros candidatos”, observou.

A aceitação do seu nome, segundo Odilon, faz contraste com a situação de ruína da polícia de norte a sul e as pessoas estão cansadas de corrupção. “Corrupção e desmando juntos arruínam a vida da população. As pessoas estão tão angustiadas que querem expurgar da vida pública aqueles políticos que não desempenharam com satisfação o seu trabalho”, pontuou.

O pré-candidato ainda frisou que sendo eleito vai trabalhar e honrar, fazer parcerias com municípios e dar dignidade às pessoas. 

“O Brasil tem jeito, temos que colocar pra fora os corruptos e pensar num novo Brasil, em um novo Estado”, finalizou.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300