Rádios On-line
POLÍCIA

Patrulha Rural prende autores de assassinato em chácara

Dupla bebe, mata e enterra vítima de 52 anos

3 MAI 2016 - 00h:36Por Assessoria de Comunicação 13 BPM

Tudo começou quando três homens bebiam cachaça em um estabelecimento comercial localizado próximo a ponte do Guilhermão, na zona rural de Paranaíba, noite da ultima sexta-feira (29). Os três deixaram o bar e foram continuar bebendo em uma chácara nas proximidades, onde trabalha um dos acusados. O local fica distante do centro urbano de Paranaíba à aproximadamente setenta quilômetros.da divisa entre os estados de Mato Grosso do Sul e Goiás.

 De acordo com o boletim de ocorrência, houve uma discussão e desentendimento por causas desconhecidas, quando o jovem de 20 anos atacou a vítima de 52 anos com vários golpes de faca e facão, consumando o crime. O autor do homicídio pediu ajuda do outro homem, de 39 anos, que estava junto na bebedeira para ocultar o cadáver.

Conforme o registro policial, o acusado usou um facão e uma faca para atingir a vítima no pescoço e no peito. Depois de ver a vítima ensanguentada, sem vida, o autor convenceu o colega a esconder o corpo, enterrando o perto de uma represa, no interior da propriedade onde trabalhava. Segundo o relato, o autor depois de limpar o local do crime passou a noite em um canavial.

Na manha de sábado, por volta de 06 horas, sem conseguir acalmar-se o homem que acompanhara o assassinato procurou a policia para relatar o ocorrido. Acionada a patrulha rural da Policia Militar foi até a chácara onde encontrou o autor preparando se para a fuga. Com ambos presos, o local foi isolado e a pericia foi chamada. Os autores do assassinato revelaram o local onde o corpo da vítima estava enterrado. No local foi encontrado o facão, enquanto a faca, de acordo com o relato dos assassinos, fora jogada em um matagal.

Os dois autores do homicídio foram conduzidos à Delegacia de Policia Civil para as providencias necessárias. No exame de corpo de delito foi constatado que o autor do crime não apresentava sinais de ferimentos, enquanto o comparsa estava com escoriações ferimentos na boca, nariz, pernas e braços provavelmente em função da resistência da vitima.  O caso estava sendo mantido em sigilo pela Policia Civil que somente liberou o boletim de ocorrência na tarde desta segunda feira.··.

Deixe seu Comentário