Rádios On-line
8993
ACIDENTE

PM atendia ocorrência de tráfico em momento de acidente

13º Batalhão emitiu esclarecimentos após acidente ocorrido no domingo

10 SET 2019 - 13h:09Por Alex Santos

O 13º Batalhão da Polícia Militar de Paranaíba, através do Tenente Maia, emitiu na segunda-feira (09) esclarecimentos à cerca do acidente ocorrido na noite do último domingo (08), em Paranaíba, por volta das 19h45, em que o motociclista Robson Maldonado foi atingido pela viatura da Força Tática. A viatura havia avançado o sinal vermelho no cruzamento dos semáforos das avenidas Durval Rodrigues Lopes, e Coronel Gustavo. Robson teve traumatismo craniano e foi encaminhado para um hospital de Campo Grande.

O estado de saúde de Robson ainda requer cuidados. Segundo a família, devido ao impacto da batida, Robson teve fraturas no braço, ombro, mão e cotovelo, e uma delas foi fratura exposta. Fraturou ainda o fêmur (perna), pé e coluna, foi encontrado um coágulo na cabeça, e ele teve traumatismo craniano.

“A Polícia Militar está profundamente triste com este fato. É um cidadão de bem que pilotava a moto, inclusive um policial militar da força tática é amigo pessoal da vítima e foi até o hospital. Estamos à disposição para qualquer eventual questionamento da família. Vamos orientar na questão do DPVAT e lamentamos muito. Vai ser feito um trabalho técnico por parte da Perícia, e um procedimento administrativo interno para apurar os fatos, aí sim, saberemos quem é culpado. Antes disso não adiante julgar”, disse o porta voz da Polícia Militar tenente Marcelo Maia Gomes.

De acordo com informações da Polícia Militar, a viatura se deslocava para o atendimento de uma ocorrência de tráfico de drogas e seguia pela avenida Durval, quando no cruzamento com a avenida Coronel Gustavo Rodrigues da Silva o motociclista não percebeu que a viatura estava com os sinais sonoros e luminosos ligados e colidiu com o carro oficial.

Segundo tenente Maia, outros dois carros que haviam percebido a aproximação do carro da PM pararam e deram preferência, como prevê o Código de Trânsito Brasileiro, porém, a moto passou direto, o que acabou ocasionando o acidente.

“Na noite de ontem a guarnição de força Tática havia flagrado um homem de 25 anos com 34 trouxinhas de cocaína e tivemos a informação que de haveria mais drogas em outro local. Tendo em vista a rapidez em não deixar outras pessoas saberem da prisão desse indivíduo e destruírem estas provas a Polícia seguia com o rapaz para este outro local”, contou o tenente.

Conforme o policial, no cruzamento das avenidas Durval e Coronel Gustavo, a viatura reduziu a velocidade, mas os carros deram passagem para a viatura e por isso decidiram avançar, mesmo com o semáforo estando fechado para a passagem de carros.

“Todos os veículos de emergência tem prioridade de circulação na via, esta preferência só se dá quando os sinais sonoros e giroflex estão ligados, o que era o caso. Eles só continuaram avançando por que os veículos pararam. A viatura passou pela primeira parte da via e quando avançavam para a segunda parte uma motocicleta ultrapassou um veículo e não percebeu que os carros haviam parado e colidiu na traseira, do lado direito da viatura. Foi tão forte o impacto que a viatura chegou a virar e ficou oposta na pista”, contou.

Conforme o tenente, os policiais militares prestaram os primeiros socorros à vitima até a chegada do Corpo de Bombeiros, além disso, a Perícia foi acionada e apura os detalhes da ocorrência.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13