Rádios On-line
8993
A SE APURAR

Trabalhadores e vereador acusam prefeito e secretário de agressão

Cunhado de Miziara teria segurado o vereador Corujinha pelo pescoço, segundo podadores

19 AGO 2019 - 16h:46Por Talita Matsushita

Durante reunião com os podadores de árvore de Paranaíba (MS), para informar mudanças no local onde os restos das podas e limpezas de jardins deveriam ser descartados, o prefeito Ronaldo Severino de Lima e seu secretariado teriam se exaltado, conforme informações dos participantes da reunião. O motivo seria participação dos vereadores Carlos Renato Garcia Rios (Corujinha) e Ailson de Freitas (Binga).

A reunião ocorreu na manhã de segunda-feira (19), na Secretaria de Obras e, além do prefeito, estava presente o secretário de Meio Ambiente Ronei Castro Miziara. O novo local para descarte fica há cerca de 15 quilômetros da área urbana, o que segundo os podadores fica muito longe. A mudança ocorre após pedido do Ministério Público de desativar o atual local que é utilizado para descarte, alvo constante de queimadas.

De acordo com o vereador Binga, não teve diálogo, o prefeito apenas informou as mudança, o que para ele não é o objetivo quando se fala em reunião, pois Ronaldo não teria ouvido as sugestões dos podadores. Podadores e vereadores acusam prefeito e seu cunhado, secretário de Obras, de agressões físicas e verbais.

“Chegamos ali para ter um diálogo sadio, para ver as condições melhores para ambas as partes, fomos recebidos com agressores e xingamentos. O vereador Corujinha chegou primeiro eu entrei depois”, contou Binga.

O vereador ainda disse que percebeu a agressividade do prefeito já ao questionar Corujinha sobre quem teria o convidado. Ronaldo teria tomado o celular da mão de Binga.

“Uma atitude dessas com nós, que somos autoridade, imagina uma pessoa comum que tenta resolver um problema, acredito que é espancado também”, disse.

O cunhado do prefeito ainda teria segurado Corujinha pelo pescoço, além de também tentar tagredir o vereador Binga, acertando seu assessor com um chute.

James Antônio Amaral, podador de árvore, participou da reunião e contou que o prefeito chegou com imposições, e quando tentavam sugerir algumas adequações não eram acatadas. “Quando eu falei da distância ele não sabia e nem teria a mínima vontade de saber e por ser uma distância maior vamos ter que aumentar o valor da poda”, lembrou.

O trabalhador ainda disse que Ronaldo usou palavras de baixo calão quando se referiu que o problema da distância e valores seria dos podadores.

“Ele quer impor distância e vai cobrar taxa para o descarte”, pontuou.

James ainda disse que Ronaldo foi agressivo com Corujinha e até pensou que ele estaria brincando e o próprio prefeito teria tido a iniciativa.

Ouça a entrevista

Ouça o áudio da confusão

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13